Foto: Congresso Técnico da Copa FMF - Divulgação Higor Ramos / Assessoria FMF


A diretoria do Mixto não gostou nem um pouco da decisão dos sete clubes que votaram a favor do cancelamento da Copa FMF 2020, em Congresso Técnico na tarde desta quinta-feira (20), na sede da Federação Mato-grossense de Futebol – FMF. Ficou definido que a competição, que vale vaga para a Copa do Brasil 2021, não ocorrerá neste ano.

Sendo assim, o Mixto, assim como o Araguaia, que foram eliminados do Estadual 2020 e não estão nas quartas de final, automaticamente rebaixados para a 2ª Divisão do ano que vem, não poderão disputar essa vaga na competição nacional, que garante recurso financeiro e calendário para o início do ano que vem.

“Quero manifestar aqui uma nota de repúdio aos Presidentes de clubes (8 clubes) que votaram pelo cancelamento da Copa FMF deste ano, num ato de egoísmo e total falta de sensibilidade. A Copinha foi criada para que os clubes tivessem calendário. Vocês com esse cancelamento vão deixar Mixto e Araguaia sem disputar uma única partida de futebol, de março deste ano até agosto do ano que vem! Mais de um ano sem competição! Como pode o clube sobreviver sem competição? Quem vai querer patrocinar um clube que não disputa nada? Como vamos fazer para pagar comissão técnica, funcionários etc.? Nós contratamos pensando que se cumpra o calendário! Vocês só pensaram em seus clubes e em nenhum minuto se quer pensaram no Mixto e no Araguaia. Qual o interesse?”, cita trecho da nota assinada pelo vice-presidente administrativo, Dr. Fause Chauchar.

Completando, o vice-presidente afirmou que não se importa de jogar a 2ª Divisão do próximo ano, mas que não pode tirar a chance dos dois clubes rebaixados de disputarem essa vaga tão importante financeiramente e aguarda revisão do cumprimento do calendário da Copa FMF.

“Nós não nos importamos de jogar a 2ª divisão, mas que cumpra o calendário! Vocês estão tirando a chance de Mixto e Araguaia disputarem a Copinha e talvez, quem sabe, conseguíssemos uma vaga na Copa do Brasil e consequentemente teríamos calendário no 1º semestre de 2021! Esse tipo de atitude só empobrece o futebol mato-grossense! Como vocês vão terminar o Mato-grossense em novembro e dezembro, se o estadual do ano que vem só começa em março? Em um momento de pandemia que se espera SOLIDARIEDADE, o que vemos é EGOÍSMO. Espero que vocês, e a FMF revejam com calma e sabedoria a decisão, que se cumpra o calendário, para beneficiar a todos e não só os 8 clubes classificados”, manifestou Dr. Fause Chauchar.

No Congresso Técnico, Cuiabá, CEOV, União, Sinop, Nova Mutum, Poconé e Dom Bosco votaram por não realizar a Copa FMF 2020. O Luverdense não compareceu. Mixto e Araguaia foram votos vencidos.

Ainda não foi comunicado pela FMF como será a destinação da vaga oriunda da Copa FMF para a Copa do Brasil 2021. A perspectiva é que possa ser transferida para o Estadual, que já tem duas vagas em disputa. Se isso ocorrer, serão três vagas entre os oito times que estão nas quartas de final da elite mato-grossense, que será retomada em meados de novembro.

Saiba mais: Copa FMF é cancelada e Estadual 2020 recomeça em meados de novembro

Por: Da Redação