Foto:Gabriela de Lima/Olhar Esportivo


 Diante de uma Arena vazia por conta do horário ruim da partida, Mixto e Cacerense fizeram uma ‘final’ pela permanência na primeira divisão no início da noite desta quarta-feira (22). O Alvinegro saiu vitorioso por 2 a 1 e deixou a lanterna para a Fera da Fronteira.

Leia também: União segura Dom Bosco no fechamento da rodada dupla

O Jogo

O Alvinegro da capital fez um grande primeiro tempo e dominou o Cacerense do início ao fim. Aos 12 minutos, o Tigre articulou rápida troca de passes no meio campo e Pedro Augusto recebeu livre na entrada da área para finalizar rasteiro e abrir o placar.

Aos 40’, o Tigre armou bela jogada pelo lado esquerdo de ataque e a bola foi cruzada para bela testada do meia Sidinei, que ampliou o marcador. A Fera da Fronteira sequer esboçou reação e o jogo foi para o intervalo já com boa vantagem do Mixto.

O segundo tempo foi de um cenário oposto, o Cacerense foi pra cima e, ‘sem nada a perder’, começou a jogar mais leve, enquanto que o Mixto se deixou levar pelo nervosismo de segurar o resultado.

Antes dos 10 minutos, o atacante Kaique conseguiu descontar o marcador. A partir daí, o duelo ganhou contornos dramáticos, pois o Tigre começou a errar passes bobos e o Cacerense a desperdiçar oportunidades.

Já aos 40 minutos, o goleiro Hailson salvou o que seria o empate em cima da linha. Fim de jogo e alívio para os poucos mixtenses que compareceram ao estádio.

Escalações

Mixto: Hailson, Fábio, Kennedy, Odail Jr e Lucas Franco; Pará (F. Delgado), Natan, Sidinei e Bida; Tafarel e Pedro Augusto.

Cacerense: Geílson, Adriano, Rafael, Dener e Herme (Didica); Pajé, Geragato (Walter), Kaique e Tita ; Lolo e Edson.

Por: Thiago Mattos


Torcida mixtense

Time do Mixto conquistou primeira vitória no estadual