Foto: Lucas Figueiredo - CBF


O São Paulo é o grande campeão da Supercopa do Brasil Sub-17 2020! Na noite desta quarta-feira (10), em confronto disputado na Arena Pantanal, a equipe paulista ficou no 1 a 1 com o Fluminense no tempo normal e com 100% de aproveitamento na disputa de pênaltis venceu por 4 a 2 conquistando o título inédito da competição. 

O jogo

Fluminense campeão Brasileiro de um lado. São Paulo campeão da Copa do Brasil de outro. Dois tricolores em campo e o equilíbrio se fez presente no primeiro tempo do confronto decisivo. Marcando pressão desde o apito inicial, o Flu aproveitou uma falha da defesa adversária e quase abriu a contagem com Kaky, mas Leandro apareceu para evitar o gol, com um minuto de jogo. A resposta do São Paulo foi rápida e certeira. Aos três, Palmberg achou ótimo passe para Caio, que tocou para João Adriano estufar as redes da Arena Pantanal: 1 a 0.

Placar aberto e o duelo seguiu movimentado. Caio, aos 18, chegou a marcar o segundo da equipe paulista, mas teve o gol anulado por impedimento. Enquanto o Fluminense foi para cima com João Neto, o camisa 9 arriscou o chute e viu a zaga afastar o perigo. Na sequência do lance, aos 19, Matheus Martins cobrou escanteio na medida para Justen empatar a partida. Três minutos depois, os cariocas tiveram a chance da virada, agora em finalização de Matheus Martins, mas novamente Leandro salvou o São Paulo. 

Minutos antes do intervalo, mais uma oportunidade para cada time: Matheus Martins fez linda jogada, deixou a marcação para trás e bateu para mais uma defesa de Leandro, no rebote Kayky mandou para longe da meta desperdiçando a chance do segundo do Flu. Já o São Paulo reapareceu no ataque, aos 43, em duas finalizações de Ythallo, em ambas Cayo Fellipe brilhou debaixo do poste. 

Depois das conversas nos vestiários, o Fluminense começou melhor o segundo tempo. Kayky, aos seis, teve a chance após cruzamento na área, e, aos sete, Matheus Martins arriscou da intermediária. Aos poucos, o São Paulo voltou a equilibrar as ações e, aos 15, Léo soltou uma bomba, que passou tirando tinta da trave adversária. Só que a partir daí o confronto perdeu intensidade. Já aos 38, os paulistas colocaram uma bola no travessão em arremate de Caio. E sem mais mudanças no marcador, o duelo se encaminhou para a disputa de pênaltis. 

Com a bola na marca da cal, o São Paulo foi perfeito. Marquinhos, Moreira, Luizinho e Matheus Belém converteram as penalidades, enquanto Leandro defendeu uma das cobranças do Flu e ajudou o Tricolor paulista a conquistar a taça da Supercopa do Brasil Sub-17. 

Por: Da Redação com CBF