Foto:Divulgação FMF


O Nova Mutum é o campeão mato-grossense de 2020. O Azulão da Massa superou o União na decisão e conquistou o título da competição, em seu primeiro ano de disputa na elite do certame estadual.

Nesta noite de quarta-feira (23), o Mutum bateu o Colorado por 1 a 0, no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis. O primeiro jogo havia sido 1 a 0 para o time do médio-norte, no estádio Valdir Doilho Wons.

Resumo do jogo

Mesmo em vantagem com a vitória por 1 a 0 no primeiro jogo da decisão, o Nova Mutum foi para cima do União no estádio Luthero Lopes.

Logo aos 9 minutos, o lateral-esquerdo Gustavo Nogy chegou à linha de fundo e cruzou perfeitamente para o atacante Fernandinho, que abriu o placar de cabeça para o Nova Mutum.

Pouco depois, o Azulão chegou com perigo novamente. Fernandinho escorou para o meia Welder, que finalizou rasteiro para a defesa do goleiro Neneca.

Mesmo com um menor volume de jogo, o União quase conseguiu o empate aos 33 minutos. GTA fez jogada na beirada da área e cruzou para Andrezinho, que cabeceou no chão, mas o goleiro Gabriel defendeu.

Ainda no fim do primeiro tempo, o atacante Roger arriscou de fora da área e assustou o goleiro Neneca, acertando o travessão. Intervalo: União 0 x 1 Mutum.

No segundo tempo, o jogo ficou morno, mas o Nova Mutum se manteve superior, criando as melhores jogadas. O duelo prosseguiu com o mesmo placar até o fim da partida, com o título conquistado pelo Azulão da Massa, comandado pelo jovem técnico Willian De Mattia.

Campanha

O Nova Mutum se classificou na quinta colocação da primeira fase, antes da paralisação do campeonato, em março. No mata-mata, a partir de novembro, o Azulão eliminou os rivais do nortão Sinop e Luverdense, além do Colorado na finalíssima. Ao todo, foram 15 jogos, sendo oito vitórias, quatro empates e três derrotas.

Escalações

União: Neneca; Fagner (Henrick), Samuel Teram, Abdala e Jeanzinho; Maranhão, Everton (Deco) e GTA (João Manoel); Neverton, Andrezinho (Bahia) e Genesis. Técnico Éverton Goiano.

Nova Mutum: Gabriel; Magnum, Taison, Mendonça e Gustavo Nogy; Jonathan Cabeça (Josué), Willians e Welder; Cris Magno, Roger Bastos (Maicon Santana) e Fernandinho (Daniel Costa). Técnico Willian De Mattia.

Por: Pedro Lima / Da Redação