Foto:Divulgação Náutico


 Náutico e Cuiabá se enfrentaram na Arena Pernambuco, na noite desta quarta-feira (28), pelo jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil. O time da casa fez valer o mando de campo e ganhou por 2 a 1, largando na frente no duelo que, além da vaga na 4ª fase, vale R$1,8 milhão de cota da CBF.

O Jogo

O Cuiabá não teve a pressão do público, pois o estádio com capacidade para 40 mil torcedores tinha apenas 5.302 apoiadores do Timbu. O primeiro tempo teve o Dourado mais defensivo e os pernambucanos com muita dificuldade na criação.

O lance de maior perigo dos primeiros 45 minutos foi uma bola na trave aos 21’, chutada pelo volante Negretti (Náutico) no gol de Victor Souza (Cuiabá). O Náutico saiu para o intervalo já com algumas vaias e pressionado pelos torcedores.

Aos 11 minutos do segundo tempo, o zagueiro cuiabanista Marcelo Xavier foi expulso após levar o segundo amarelo. O detalhe é que os dois cartões foram por puxões na camisa de Ortigoza. O primeiro foi aos 32 minutos de jogo.

Logo após a expulsão o Náutico fez seu primeiro gol, Breno cobrou a falta, a bola bateu na barreira e se ofereceu para Ortigoza abrir o placar. O tento saiu antes mesmo do técnico Itamar Schulle colocar o zagueiro Lucão em campo, no lugar de Hiltinho.

O empate do Cuiabá chegou dez minutos depois, aos 22’. Em bola lançada na grande área, Doda se aproveita de hesitação na zaga do Timbu e mostra oportunismo para empatar. O gol fez com que Roberto Fernandes lançasse o time da casa para cima, pois o clube empatava diante de seu torcedor e com um jogador a mais.

A pressão deu resultado, após alguns minutos ‘martelando’, o lateral direito Thiago Ennes fez boa jogada e encontrou o atacante Tharcísio (que saiu do banco) que recolocou o Náutico na frente. Os últimos minutos foram de cautela das duas equipes, deixando a eliminatória aberta para o jogo de volta.

O segundo jogo, na Arena Pantanal, está marcado para o dia 14 de março. Em 2018, a Copa do Brasil não tem mais a regra do gol qualificado fora de casa, ou seja, vitória do Dourado por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Escalações

Náutico: Bruno, Thiago Ennes, Breno, Camutanga e Kevyn; Negretti, Josa (Tharcísio), Medina (Rafael Assis) e Robinho; Ortigoza (Willian Gaúcho) e Wallace Pernambucano.

Cuiabá: Victor Souza, Weriton, Ednei, Marcelo Xavier e Quaresma; Magno, Jean (Rodrigo Ferreira), Doda e Hiltinho (Lucão); Jenison e Bruno Alves (Pitbull).

Por: Thiago Mattos


Clubes perfilados na hora do hino nacional