Foto: Heber Gomes / AGIF CBF


Foi com emoção até o fim, mas o Vasco se classificou na Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (26), o Cruzmaltino venceu o Goiás por 2 a 1, no Hailé Pinheiro, e levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças alternadas, melhor para os cariocas: 3 a 2 e vaga garantida na quarta fase. Henrique e Benítez fizeram os gols do Gigante no tempo regulamentar. Keko igualou o duelo. Nas penalidades, Cano, Benítez e Bruno César converteram as batidas. Fernando Miguel defendeu a bola de Marcinho e colocou o Vasco na fase seguinte.

O jogo

Primeiro tempo animado na Serrinha. Em um jogo franco, com ambas as equipes buscando o gol, o empate em 1 a 1 foi o resultado parcial mais justo. Quem abriu o placar foi o Cruzmaltino. Na marca dos 32 minutos, Henrique fez cruzamento, a bola viajou toda a área, tocou na segunda trave e entrou: 1 a 0. Só que o Esmeraldino não desanimou, e conseguiu empatar antes do intervalo. Aos 43, Keko bateu escanteio, a bola tocou no pé de Talles Magno e parou na boa para Rafael Vaz chutar e igualar o duelo.

Precisando vencer para ao menos levar a decisão aos pênaltis, o Vasco voltou arisco do intervalo. Logo aos quatro minutos, Benítez soltou a bomba de fora da área, contou com desvio no meio do caminho e fez o segundo dos cariocas. Depois, aos 11, Fernando Michel salvou ao defender cabeceio à queima roupa de Rafael Moura. Aos 23 foi a vez de Tadeu entrar em ação ao defender chute difícil do garoto Vinicius. Mais tarde, aos 40, Carlinhos soltou a bomba dentro da área e Tadeu salvou de novo. Ao apito final, a decisão da vaga à próxima fase foi para as penalidades.

Por: Da Redação com CBF