Foto:Maílson Santana/Fluminense


Depois de 190 jogos, o primeiro turno do Brasileirão chegou ao fim. Com o São Paulo como líder e "campeão simbólico", o turno já teve algumas campanhas históricas e aprontou um cenário que promete muita emoção para as 19 rodadas restantes.

Com 41 pontos somados, o São Paulo bateu o seu recorde de pontuação no primeiro turno desde que o Brasileirão passou a ter o formato atual (2006). A antiga marca era de 2007, quando o clube foi campeão e somou 40 pontos no primeiro turno. Até hoje, a maior pontuação de um clube no primeiro turno do Brasileirão pertence ao Corinthians, que chegou aos 47 no ano passado.

O Atlético-MG, com 32 gols marcados, foi o melhor ataque da competição. O Galo concentrou boa parte de seus gols nos pés de dois jogadores: Roger Guedes, que já deixou o clube, e Ricardo Oliveira, com nove gols cada. O atacante atleticano está em uma disputa com Pedro, do Fluminense, que é o artilheiro do Brasileirão, om 10 gols. Por outro lado, a melhor defesa foi a do Grêmio. Comandado por jogadores de alto calibre, como Marcelo Grohe, Pedro Geromel e Walter Kannemann, o sistema defensivo do Tricolor sofreu apenas oito gols em 19 jogos.

 

Líder: São Paulo - 41 pontos

Melhor ataque: Atlético-MG - 36 gols

Melhor defesa: Grêmio - 8 gols

Artilharia: Pedro (Fluminense) - 10 gols

Participações diretas em gols: Ricardo Oliveira (Atlético-MG) - 14

Mais cartões amarelos: Vitória e Palmeiras - 58

Mais cartões vermelhos: Flamengo - 6

Menos cartões amarelos: Chapecoense - 34

Menos cartões vermelhos: Corinthians - 0

Maior posse de bola: Atlético-PR - 53,9%

Passes certos: Atlético-PR - 88,02%

Chutes a gol: Atlético-MG - 258 chutes

Interceptações: Sport Recife - 895

Atleta que mais jogou: Victor (Atlético-MG) - 1863 minutos

Jogador com mais interceptações: Rodrigo Dourado (Internacional) - 130

Mais defesas com reflexo: Santos (Atlético-PR) - 31

Melhor aproveitamento de dribles feitos: Yimmi Chará (Atlético-MG) e Moisés (Botafogo) - 80,95%

Por: Redação