Foto:Peterson Campos/Olhar Esportivo


 A diretoria do Operário-VG entrou com recurso no Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD-MT) contra o União E.C, equipe que eliminou o time de Várzea Grande do estadual no último sábado.

O documento apresentado à FMF nesta segunda-feira (26) atesta que o Colorado incluiu na súmula de três partidas da 1ªfase da competição, o atacante Lucas Gaúcho, em condições de atleta amador após completar 20 anos de idade, infringindo o Regulamento Geral de Competições da CBF, que diz no ART. 22 – Nas partidas das competições é vedada a participação de atletas não profissionais quando completarem 20 (vinte) anos.
 
Dessa forma, o Tricolor pede que o União perca os pontos da 1ª, 3ª e 4ª rodadas. Com três pontos por partida, além dos conquistados nos jogos, o Colorado poderia ser excluído da competição. O julgamento, no entanto, só poderia acontecer na terça-feira dia 3 de abril, pois não há tempo hábil para uma decisão já nesta semana.

Foco dentro de campo
 
A diretoria do União não deu importância para a denúncia operariana e se preocupa apenas em divulgar ao máximo a partida desta quarta-feira (28), diante do Cuiabá E.C, no Luthero Lopes.
 
Com expectativa de mais de mil torcedores no estádio, o União cobra R$30 (inteira) e R$15 (meia) e deve ter uma das maiores rendas líquidas da competição até aqui.

Por: Thiago Mattos


Notícia de Infração apresentada pelo CEOV