Foto:Thiago Mattos/Olhar Esportivo


 O Operário LTDA sagrou-se campeão do Mato-grossense feminino de futebol na noite desta segunda-feira (30), na Arena Pantanal. O time empatou em 3 a 3 com o Mixto na finalíssima e conseguiu a vitória numa emocionante disputa de pênaltis.

Destaque também para a presença de público surpreendente, com cerca de 300 pessoas na Arena.
 
O Jogo
 
A partida foi cheia de emoção durante o tempo regulamentar. O Alvinegro começou vencendo por 2 a 0 e o placar no intervalo era de 2 a 1. No segundo tempo, o Tigre chegou a liderar por 3 a 1, mas permitiu o empate rubro-negro 15 minutos antes do fim.
 
Marcaram para o Mixto as jogadores Lowislene, Mariana e Ana Flávia Noleto. Pelo lado operariano, a atacante Marciely fez mais um e terminou o campeonato como artilheira, com seis gols. 
 
Também se destacou no jogo a camisa 10 do Operário, a meia Rivena, que ficou muito com a bola durante a partida e também deixou seu gol.
 
Pênaltis
 
Nas cobranças de pênalti, as jogadoras do Operário mostraram extrema eficiência, com batidas no ângulo simplesmente indefensáveis para Andreza. As mixtenses Beatriz e Kerol não foram bem, a primeira cobrou no meio do gol, facilitando a defesa de Tauany, enquanto que a segunda jogou pra fora. 
 
Vitória da equipe rubro-negra por 4 a 2 nas cobranças e o Operário LTDA conquista a segunda divisão masculina e o primeiro campeonato estadual feminino da história num intervalo de 48h.
 
Escalações
 
Mixto: Andreza, Mariana, Ivanete, Ivani e Ana Flávia; Karolina, Kerol, Lowislene e Mika; Sasah e Hingrid.
 
Operário LTDA: Tauany, Mirla, Ana Claudia, Lucimara e Claudimilla; Rivena, Wedia, Francimara e Marciely; Daniele e Pat.
 

Por: Thiago Mattos


Público na Arena Pantanal surpreendeu bastante