Olhar Esportivo - Operário vence clássico e resultado mantém Mixto no rebaixamento
Foto:Peterson Campos/Olhar Esportivo


Na noite quente desta quarta-feira, abrindo a terceira rodada do campeonato mato-grossense martinello 2018, o mais tradicional clássico do estadual agitou as torcidas e os times. Inflamados pelas boas presença das torcidas nas arquibancadas, que fizeram uma animada disputa de grito e cantos, durante quase todo o jogo.

 Desde o início do primeiro tempo, as duas equipes começaram o jogo buscando o gol adversário, mas o Operário, foi mais atuante, principalmente com a estreia do atacante Yuri, que foi regularizado no BID.

 O primeiro lance mais perigoso, foi num ataque do Tricolor aos 9 minutos, mas balançou a rede pelo lado de fora.

Demonstrando mais poder ofensivo, a equipe varzea-grandense, voltou a ameaçar a defesa alvinegra aos 17 minutos, e num contra-ataque frustado aos 23 minutos, com a marcação do impedimento.

 Durante uma tentativa de reação, o Mixto só teve uma real chance quase aos 30 minutos, mas numa dívida mais forte, o jogador Edu Maciel do Operário, teve que ser substituto por Becka.

 No Intervalo, o Operário tentando manter a pressão e aumenta as chances de gol, substitui Tony e coloca o atacante Daniel.

Com o dominio do jogo, o Operário manteve a marcação no campo do Mixto, e em um cruzamento, aos 15 do segundo tempo, Peninha abriu o placar na Arena Pantanal para o Chicote.

 Na tentativa de correr atrás do prejuízo, Souzinha, técnico do Mixto faz 2 substituições com menos de 5 minutos, primeiro com a entrada de Lorenzi no lugar de Diego, e a saída de Juninho por Vitinho.

 Com algumas chances criadas, mas sem muitas dificuldades, o goleiro Matheus segurou o Mixto, que fez sua última “cartada” aos 35, com a entrada de Pedro Sampaio, e a saída de Thiago.

 O Operário teve a chance de definir o placar, nos acréscimos, mas teve o gol anulado num impedimento, e o placar final se manteve Mixto 0x1 Operário. O jogo teve um público de 1.177 pagantes e a renda de R$ 16.370,00.

Confira como ficou a tabela do estadual

 Escalação

Mixto; Vinícius Aguiar; Leandrinho, Guilherme, Matheus Ernandes e Leiker; Helbert, Juninho, Diego e Daday; Mateus e Thiago.

Operário; Matheus Vinícius; Thiago Araújo, Rafael Caldeira, Lucas e Elber; Tony, Edu Maciel, Alan e Peninha; Junior e Yuri.

Por: Peterson Campos