Foto:Cuiabá conheceu sua primeira derrota diante do Coritiba, no Couto Pereira - AssCom Dourado


O Cuiabá Esporte Clube conheceu a sua primeira derrota na sua inédita participação na Série B do Campeonato Brasileiro. Veio na quinta rodada, contra uma equipe de grande tradição no futebol nacional, o Coritiba(PR), que caiu da Série A no ano passado.

O jogo terminou com um fator de injustiça pesando contra o Cuiabá, mão do atacante Igor Jesus do Coritiba aos 38 minutos do segundo tempo dentro da própria área, mas o árbitro Gilberto Rodrigues Castro Junior não marcou nada, deixou o lance passar despercebido e prejudicou o Dourado diante de 39 mil pessoas no Couto Pereira.

Fora esse fator decisivo, que poderia ter dado contornos diferentes para a partida, o Dourado teve falhas, mas jogou de igual para igual.

Aos 10 minutos da primeira etapa, a defensiva falhou. O artilheiro Rodrigão tabelou com o estreante Rafinha entre Douglas Mendes e Toty e guardou no fundo da rede do goleiro Victor Souza, abrindo o placar.

Com o craque argentino Escudero estreando pelo Cuiabá após ficar sem jogar uma partida oficial desde setembro de 2017, a equipe mato-grossense sentiu falta de um centroavante para fazer companhia ao camisa 10, que por sinal foi muito bem. No segundo tempo, o atacante Caio Dantas foi para o “baile” no lugar do volante Marino e a substituição arrumou o posicionamento da equipe do técnico Itamar Schülle. Todinho caiu para direita e Felipe Marques pela ponta esquerda, com Jean e Alê na contensão.

Aos 13 minutos, o Cuiabá confirmou a melhoria na etapa final. Caio Dantas puxou contra-ataque, Felipe Marques fez jogada individual e cruzou para a área, o atacante Júnior Todinho espanou a bola e ela sobrou para quem conhece, Escudero, que driblou o goleiro Wilson e garantiu sua primeira assistência pelo Dourado, onde o oportunista Todinho conferiu de cabeça para empatar o jogo.

Além da igualdade no placar, o jogo seguiu equilibrado. Escudero estava bem, mas deixou o campo para entrada de Eduardo Ramos aos 20 minutos. No Couto, 39 mil pessoas empurraram os donos da casa para a vitória, com gol aos 35 minutos, novamente com Rodrigão, que foi o único a subir na área após cobrança de falta na intermediária, raspando a pelota para o gol, em mais uma bobeada da defensiva do Dourado.

No próximo sábado(01), a equipe cuiabanista recebe a Ponte Preta(SP), precisando da vitória para ficar próxima ou dentro do G4. As equipes estão empatadas tecnicamente, na sétima e oitava colocação, com o mesmo número de pontos, gols pró e gols sofridos.

De um time que estava invicto na Série B do Brasileiro, agora o Dourado está pressionado há três jogos sem vencer. Resta seguir o trabalho bem feito, ter equilíbrio e confiança para buscar os imediatos três pontos e ficar entre os primeiros da competição nacional.

 

Por: Pedro Lima / da Redação