Foto: Daniela Porcelli/CBF


A Seleção Feminina conquistou neste sábado (5) um excelente resultado sob o comando da técnica Pia Sundhage. Em amistoso disputado no Estádio Riverside, em Middlesbrough, na Inglaterra, o Brasil mostrou-se forte e bateu por 2 a 1 as donas da casa. Essa foi a primeira vitória na história da Canarinho sobre as inglesas. Com casa cheia, quase 30 mil presentes acompanharam o momento histórico das brasileiras.

A Seleção Feminina volta a campo na terça-feira (8), para encarar a Polônia, às 15h15 (de Brasília), no Estádio Suzuki, em Kielce (POL). Com um empate e duas vitórias, a sueca Pia Sundhage segue invicta.

O jogo

Primeiro tempo movimentado no Estádio Riverside. Apesar de menos posse de bola e chutes a gol, a Seleção ameaçou as adversárias logo na primeira chegada. Na marca dos três, Beatriz fez jogada individual, entrou na área e chutou para defesa de Earps. Impondo um ritmo físico mais forte, as inglesas marcaram muita presença no campo defensivo do Brasil, que contou com grande atuação da goleira Bárbara para garantir o 0 a 0 na etapa inicial.

Com algumas alterações da técnica Pia no intervalo, a Seleção voltou melhor para a etapa final. E, em um lance rápido, conseguiu surpreender a Inglaterra e abrir o placar ainda aos três minutos: após linda jogada pela esquerda, Tamiris deixou a marcadora na saudade, cruzou na medida para Debinha cabecear no chão e marcar. O gol animou a Canarinho, que impôs mais velocidade e chegou ao segundo. Aos 21, Maria fez boa jogada pela direita, foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro. Debinha apareceu para finalizar e fez o segundo.

Atrás no placar, a Inglaterra começou a ensaiar uma pressão final. Aos 35, conseguiu diminuir com England, que ganhou no alto da defesa brasileira e marcou o primeiro da equipe da casa. Depois, aos 44, Bárbara se recuperou após sair mal do gol e, com um tapinha primordial após finalização de Taylor, salvou o que seria o empate da Inglaterra. No fim, muita comemoração no segundo triunfo da técnica Pia Sundhage no comando da Seleção Feminina.

Brasil: Bárbara; Giovanna (Mônica), Kathellen, Erika e Tamires; Luana (Victória), Formiga (Thaisa), Debinha e Marta (Maria); Chú (Ludmila) e Bia Zaneratto (Aline Milene) - Técnica: Pia Sundhage 


Por: Da Redação