Foto:Thiago Mattos/Olhar Esportivo


 Mixto e Dom Bosco se enfrentam nesta quarta-feira (15), às 10h da manhã, na Arena Pantanal, pelo jogo de volta da semifinal da Copa FMF. O primeiro duelo terminou em 0 a 0 e o mandante dessa vez será o Azulão (que não precisará pagar a TASEG).

Perguntado se iria fazer alguma mudança no time titular para o confronto, o técnico do Mixto, Souzinha, preferiu fazer mistério, no entanto a tendência é que o atacante Marko Pollo, muito criticado por isolar um pênalti, deve ser mantido.

“Testamos alguns jogadores e iremos ver o que fazer. O Marko é um grande ser humano, tá trabalhando bastante e estamos dando todo o apoio que ele precisa nesse momento. Tenho certeza que da próxima vez ele vai converter”, afirmou o treinador.

No lado dom-bosquino o discurso da importância é o mesmo, se o grande assunto no Alvinegro foi o pênalti desperdiçado, no Azulão os jogadores seguem tendo que responder sobre o favoritismo que o Dom Bosco tem (ou tinha) no duelo.

“Sabíamos que seria um grande jogo, não fomos surpreendidos, essa de favoritismo fica pra imprensa. Estamos cientes da grande importância dessa partida, que garante um calendário a mais para o ano que vem”, afirmou o volante Felipe Profeta.

Por conta da vaga na Copa do Brasil, tanto no lado azul quando no alvinegro, o discurso é de que o jogo desta quarta vale mais até do que uma possível final diante do Cuiabá. Os ingressos custam R$10 (inteira) e R$5 (meia), mulheres e crianças de até 10 anos não pagam.

Por: Thiago Mattos e Mateus Garcia