Foto: André Romeu


Na noite desta quinta-feira (27 de setembro), a delegação do Cuiabá Arsenal viajou para a Capital Federal, onde enfrenta o Brasília Templários no sábado (29), pelo Campeonato Brasileiro de Futebol Americano. O jogo será realizado no campo da Universidade Católica de Brasília, às 12h. 

A partida promete muito nervosismo. As duas equipes estão nas últimas posições da Conferência Centro-Oeste (considerando a desistência do Goiania Rednecks). O Cuiabá é o quinto colocado, com duas vitórias e duas derrotas, enquanto o Brasília amarga o sexto lugar, com apenas uma vitória em cinco jogos.

Na última vez que esteve em campo, ainda em agosto, o Arsenal venceu o Campo Grande Predadores, fora de casa, por 13 a 7. Já os Templários foram dominados no confronto contra o Sorriso Hornets e foram atropelados com um acachapante 65 a 0, no interior de Mato Grosso. 

Para o presidente do Cuiabá Arsenal, Denevaldo Júnior, o jogo contra uma equipe que veio de derrota, que precisa da vitória a qualquer custo e se encontra em uma situação delicada pode ser bom para a equipe cuiabana. “É favorável, sim (enfrentar um time que jogará desesperado pelo resultado). A cada semana conseguimos avançar com o desenvolvimento do plano de jogo e o próximo jogo é chave para avaliarmos isso”.

Denevaldo, porém, pregou respeito ao adversário e projetou um duelo disputado. “Respeitamos os Templários e só vamos confirmar a vitória após o final da partida. No futebol americano não tem jogo fácil. Mas vamos jogar concentrados, como se fosse para disputar um título”, garantiu o presidente.

 

Por: João Freitas