Foto:Divulgação Sinop F.C


 A direção do Sinop Futebol Clube, através do presidente Dilceu Dal´Bosco comunica que os problemas funcionais, apontados na súmula do árbitro Rodrigo Fonseca, que apitou o jogo Sinop x Luverdense, pela última rodada da primeira fase do estadual já foram resolvidos e o estádio Gigante do Norte será liberado para partida contra Novoperário, de Campo Grande (MS), para o Campeonato Brasileiro da Série D.

Segundo a assessoria do Sinop, a arbitragem relatou 'falta de tampas nos vasos sanitários' e também problemas envolvendo 'falta de água'. Tudo isso foi resolvido segundo os representantes do clube.
 
“Fomos comunicados sobre essa situação e a diretoria já resolveu. O Sinop não corre risco nenhum de não jogar em casa. Nosso pessoal providenciou os reparos, já registrou em fotos e vamos encaminhar ao TJD, junto com o laudo da Vigilância Sanitária”, disse Dal´Bosco.
 
O estádio foi interditado na última quinta-feira (12) pela 1ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD). O clube é o responsável pela manutenção do estádio, conforme Lei Municipal que autoriza o Galo a usar o patrimônio público.
 
O Sinop estreia sábado, ás 16h (horário de Brasilia) na Série D, jogando no Distrito Federal contra o Ceilândia. Depois encarra o Novoperário-MS, e o Aparecidense (GO), pela Chave A11.
 

Por: Redação (com informações da assessoria)


Problemas relatados em súmula