Foto: Crédito Gilva de Souza/CBF


O São Paulo é o campeão da Copa do Brasil Sub-17! Em uma partida com emoção até o apito final no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro, o Tricolor paulista venceu o Fluminense por 2 a 1 - com o empate sem gols no jogo de ida, o título ficou com os paulistas. João Neto abriu o placar para os cariocas no início do duelo, mas Caio igualou no segundo tempo. Já aos 49 minutos, o atacante sofreu pênalti, e Pet cobrou para sacramentar a conquista dos visitantes.

Esta é a segunda vez que o São Paulo vence a competição. Antes, a equipe havia vencido a edição inaugural do torneio, em 2013. A campanha do Tricolor teve nove partidas, com sete vitórias, um empate e uma derrota. Foram 21 gols marcados e cinco sofridos. Veja os detalhes da decisão abaixo:

O jogo

Em uma tarde ensolarada no Rio de Janeiro, o Fluminense entrou quente na partida. Logo aos três minutos, Kayky desviou cruzamento de Matheus Martins e levou perigo. Aos cinco, outra tentativa dos cariocas, que tiveram melhor sorte: Jefté achou João Neto com um passe em profundidade, e o atacante tocou na saída do goleiro: 1 a 0. Depois do gol, os dois times baixaram o ritmo. O São Paulo até tentou em chutes de longe com Marquinhos, João Adriano e Léo, mas sem assustar tanto. Nos acréscimos, os donos da casa responderam na mesma moeda em chute de Justen, mas Leandro fez boa defesa.

No início da segunda etapa, os dois times criaram boas oportunidades. Aos quatro minutos, quase o segundo do Fluminense: Alexsander arrancou pelo meio, deixou a zaga para trás e saiu na cara do gol, mas parou no goleiro Leandro. O São Paulo respondeu aos seis, quando Marquinho descolou belo passe para Léo, que rolou para Caio, livre. Contudo, a marcação apareceu e bloqueou o chute do atacante no último instante. As equipes seguiram trocando finalizações, mas os visitantes levavam mais perigo. Em outra chance aos 19, Caio avançou pela direita e bateu para a defesa de Cayo Felipe. Mas na terceira tentativa, a história foi diferente. Logo na sequência do lance anterior, ele aproveitou cruzamento certeiro de Patrick e cabeceou no canto esquerdo: 1 a 1.

Apesar do empate, o panorama do segundo tempo se manteve, com as duas equipes tentando chegar à frente e com o São Paulo melhor, mas sem assustar muito. O Fluminense teve boa chance aos 40, em cruzamento de Lucas Felipe para João Neto, que apareceu livre, mas mandou por cima do gol. Entretanto, quando parecia que o jogo se encaminhava para a disputa de pênaltis, os visitantes partiram para o ataque com Caio, que entrou na área pela esquerda e foi empurrado por Caio Amaral: pênalti. Na cobrança aos 49, Pet, que havia entrado em campo cinco minutos antes, deslocou o goleiro e balançou a rede, sacramentando o título do Tricolor paulista.

Por: Da redação com CBF