Foto: Geninho chega para sua terceira passagem pelo Avaí - André Palma Ribeiro/Avaí


O técnico Geninho, 72 anos, reassume o Avaí com o desafio de levar o Leão da Ilha ao terceiro acesso à Série A sob seu comando. Antes, tinha alcançado este feito em 2014 e 2018, e no ano passado liderou a equipe na conquista do 17º título Estadual. O acerto foi bem tranquilo depois de uma conversa com o presidente Francisco José Battistotti e confirmado no final da tarde deste domingo (2).

Depois de sua passagem pelo Vitória-BA, Geninho estava em sua residência, em Santos, com a família. E foi justamente com a família, que tomou a decisão de aceitar esta nova convocação do presidente Battistotti, com quem tem uma boa relação profissional e de amizade. Geninho tem experiência no futebol brasileiro, conhece a Série B e seus desafios.

Eugênio Machado Souto, conhecido no mundo do futebol como Geninho, natural de Ribeirão Preto, agora com 72 anos (15/05/1948), ex-goleiro, é um treinador com uma extensa lista de trabalhos realizados, a maioria com sucesso. Foi campeão em vários clubes, inclusive brasileiro pelo Athletico. Chega novamente ao Avaí muito motivado, recompensado por ter sido lembrado pelo presidente Battistotti, um grande amigo que disse ter feito no futebol.

Sobre o seu retorno ao Avaí, Geninho foi bem claro. “Mais um desafio grande na minha carreira. Venho para ajudar. Sozinho não faço nada. Eu acho que o futebol é um esporte coletivo. Não só os titulares, que executam. Passa por todo mundo, equipe de apoio, funcionários, diretoria. Sou mais um para ajudar. Venho com muita esperança de repetir conquistas anteriores”. disse.

Saiba mais: Cuiabá mostra consistência e vence o Goiás em amistoso na Serrinha

Por: Da Redação