Foto: Facebook Associação Atlética Aparecidense


O grupo A5 da Série D do Campeonato Brasileiro irá continuar com oito times. Após a desistência do CRAC de Catalão, a Federação Goiana de Futebol sugeriu a substituição pela Aparecidense, que deve ser oficializada pela CBF. A informação vem do Blog Mais Futebol Goiano.

O Diretor de Futebol da Aparecidense, João Rodrigues Cocá, confirmou ao site Olhar Esportivo, que a CBF garantiu a equipe na competição. “Estávamos aguardando, não pensávamos que iriamos disputar, mas vamos sim. Lógico que muitos times vão ter dificuldade financeira, mas vamos fazer um planejamento pé no chão, contratar alguns jogadores que foram revelados durante o campeonato aqui, e uma base que a gente tem. Vamos disputar, brigar por uma vaga entre os quatro.”

Sendo assim, a Aparecidense fará parte do mesmo grupo que os mato-grossenses Operário Várzea-grandense e União Esporte Clube. Além deles, o grupo também é composto por Águia Negra-MS, Goiânia, Goianésia-GO e Vitória-ES. A última vaga do grupo está em aberto e será definida no jogo entre Real Noroeste-ES e Aquidauanense-MS, na preliminar da Série D.

O Operário-VG, que faria sua estreia contra o CRAC fora de casa, agora deve visitar a Aparecidense na primeira rodada, em 19 ou 20 de setembro, em Goiás.

O outro representante de Mato Grosso na competição é o Luverdense, que até o momento não esboçou planejamento para a participação no Brasileiro.

Saiba mais: Operário não tem mais jogadores vigentes para Série D e deve usar elenco local

Por: Da Redação