Foto: Reprodução


O morador de rua identificado como Anderson, também dependente químico, que foi agredido pelo empresário Adonias Correia Santana, em Sinop, será internado em uma clínica de recuperação através de apoio do ex-jogador Juninho Pernambucano, que se sensibilizou com o caso.

Além deste auxílio, Anderson também poderá contar com o apoio do time de futebol americano, Sinop Coyotes, que fará doações ao rapaz e oferecerá o caminho do esporte após o seu tratamento.  

“Mobilizamos doações para levar até ele. Está indo para uma clínica de recuperação, não sabemos o tempo que ficará lá, mas iremos apresentar o esporte pra ele quando sair, se ele se interessar queremos ele jogando conosco, pois somos uma família. Sempre que autorizados iremos visitar ele na clínica”, disse o presidente do Coyotes, Hiram Furquim.

Entenda o caso

Em um vídeo que viralizou na internet, Anderson estava na rua e conversa com um homem que está dentro de um carro sobre as dificuldades dos dias atuais para moradores de rua, que não estão conseguindo doações por causa do pouco deslocamento de pessoas provocado pela pandemia do novo coronavírus.

O homem chega a dar R$ 20 a Anderson. Uma terceira pessoa, que dirigia o veículo, pede para dar mais R$ 50, momento em que o tapa no rosto é dado. O homem ainda ameaça realizar novas agressões, enquanto Anderson não aparece mais nas imagens.

Agradecimento

Além de ter postado todo o contexto do assunto no Twitter, Juninho Pernambucano postou um vídeo de agradecimento de Anderson diante do apoio de internação. O ex-jogador também declarou que o advogado e professor Rogério Pereira, não cobrará nada pelo futuro processo contra o agressor. Juninho também agradeceu a todos que quiseram ajudar.

CONFIRA https://twitter.com/Juninhope08

Por: Pedro Lima / da Redação


Reprodução

Equipe de futebol americano Sinop Coyotes