Foto:Técnico do Mixto, Toninho Pesso - Foto: Pedro Lima


O Mixto venceu o clássico contra o Dom Bosco por 1 a 0 na Arena Pantanal pela segunda rodada do Campeonato Mato-grossense 2019. O Alvinegro saiu na frente do placar no primeiro tempo, segurou as investidas do Azulão e garantiu os três pontos como mandante na Arena Pantanal. O gol foi marcado pelo zagueiro Mateus, de cabeça.

Para o técnico Toninho Pesso, do Mixto, o tempo de preparação para a competição foi curto, mas o Tigre foi superior nesta segunda partida do estadual.

“Todas as equipes do Brasil estão sofrendo na parte física. Foram três semanas de preparação, acredito que o Mixto implementou um futebol muito acima, mesmo com um mormaço muito quente em Cuiabá. Não dá para propor o jogo inteiro, não há time do mundo que consegue jogar 90 minutos em cima do adversário”, afirmou o técnico.

Em entrevista ao site Olhar Esportivo, o comandante alvinegro valorizou a vitória pelo volume de jogo criado da equipe e pela qualidade do adversário.

“O primeiro tempo mostrou o que trabalhamos de transição, de posse de bola, de envolvimento. No segundo tempo tivemos mais duas ou três chances claras de gol, não vejo uma chance clara do Dom Bosco, tirando a do primeiro tempo, que foi uma falta para gente, o juiz deu vantagem, teve outra falta, ele não deu, o time acabou parando e o atleta entrou encostado da zaga. Tirando isso, eu vejo o Mixto superior na partida, mas o Dom Bosco engrandeceu a nossa vitória, correu muito, com muita qualidade”, disse Toninho Pesso.

De acordo com ele, o time deve jogar marcando pressão, mas cada jogo deverá trazer uma situação. Diante da parte física, não deu para alcançar o alto nível por ter aproximadamente três semanas de pré-temporada.

“Mesmo depois de fazermos o gol, tivemos outras chances. Minha postura como técnico é jogar em cima do adversário, mas 18 dias de trabalho para jogarem em alto nível, correr mais de 12km, é um tempo muito curto. No segundo tempo, a parte física pegou um pouquinho. É natural, tem time que se defende o jogo inteiro, acha uma bola, faz o gol e é campeão. Temos que usar uma estratégia para cada partida”, afirmou Pesso.

Com a vitória e um peso a menos, por garantir um bom resultado como visitante na estreia no empate diante do Araguaia e uma vitória no primeiro jogo frente ao torcedor em casa, o técnico acredita na evolução e que o Mixto brigará com os favoritos.

“Um trabalho sendo feito, a periodização. Criamos, o jogo está se envolvendo, está fluindo, vejo uma equipe aguerrida, que tem muito a crescer, pezinho no chão, humildade, que eu tenho certeza que faremos um grande campeonato. Só temos a evoluir, o Mixto mostrou hoje para o torcedor que veio para brigar. Mas vejo outras equipes muito fortes, Luverdense, Cuiabá, todas as equipes, por exemplo o Juara, vendeu caro a derrota para o Cuiabá. Dentro disso, temos uma ideia muito clara do que a gente quer, buscar sempre o resultado positivo”, completou Toninho Pesso.

O Mixto volta à campo contra o União no próximo domingo(03), novamente às 16 horas, na Arena Pantanal. Na outra quarta-feira, dia 6 de fevereiro, o Tigre recebe o CSA de Alagoas pela estreia na Copa do Brasil, às 20h30, também na Arena.

Por: Pedro Lima / da redação