Olhar Esportivo - Torcida do Mixto deixou de ir ao estádio
Foto:Thiago Mattos/Olhar Esportivo


 O Mixto Esporte Clube, segundo a última pesquisa de torcida feita na região metropolitana de Cuiabá, em 2008, pelo Jornal Diário de Cuiabá, tem cerca de 25% da torcida local. Entretanto, com a pior campanha de sua história no estadual 2018, o Tigre viu seu torcedor deixando de ir ao estádio.

Depois dos dois primeiros clássicos, 1063 pagantes contra o Cuiabá e 1177 diante do Operário, o Alvinegro viu uma queda vertiginosa no público de seus outros jogos na Arena Pantanal. Foram 229 pagantes contra o Araguaia, 238 contra o Ação, 799 diante do Luverdense (rodada dupla*) e 532 no jogo com o Dom Bosco (rodada dupla*).

A média do Mixto no campeonato como um todo é de 562 pagantes, número semelhante ao de anos anteriores, no entanto, descartando os dois primeiros jogos, a média cai para minúsculos 284 torcedores por partida.

O número é aproximadamente quatro vezes menor que o time de maior média do campeonato, o Sinop, única equipe do estadual a sustentar média superior a mil pagantes por partida.

Sem técnico

O presidente Walter Fernandes anunciou a saída de Bazílio Amaral do comando técnico. Após a partida contra o Ação, presidente e técnico 'trocaram farpas', Bazílio disse que o Mixto precisa se reestruturar e Walter rebateu: 'ele não tem que falar sobre isso, negócio dele é o campo'.

*PARA EFEITOS DE MÉDIA NO CAMPEONATO, DIVIDE-SE O PÚBLICO DAS RODADAS DUPLAS POR DOIS

Por: Thiago Mattos