Olhar Esportivo - Uirapuru e Flamengo se sagram campeões do Festival da Criança
Foto:Junior Martins


O Uirapuru e o Flamengo se consagraram campeões da 2ª edição do Festival da Criança, na modalidade de futebol, nas categorias 9 e 10 anos e 7 e 8 anos, respectivamente, ocorrido nesse fim de semana, no sábado (17.03), na Arena Governador José Fragelli, a Arena Pantanal, em Cuiabá-MT. Com a participação de 50 times, num total de mil crianças e cerca de 2.500 pais e familiares.

De acordo com o titular da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer de Mato Grosso (Sael-MT), Leonardo De Oliveira, que assumiu a pasta a pouco mais de um ano, a ideia sempre foi democratizar a Arena Pantanal e todas as demais estruturas do complexo esportivo. E, segundo ele, não havia forma mais apropriada de alcançar tal objetivo do que fomentar o desporto entre as crianças.

“Nossas crianças são o futuro do país. A mudança começa nelas. E o esporte é uma excelente ferramenta para o ensino de valores. Não há motivação melhor do que essa para justificar a presença delas na Arena Pantanal. Os momentos vividos dentro desse estádio permanecerão para sempre em suas memórias. E essa é nossa missão. De construir agora um futuro melhor”, diz o secretário.

Para o técnico do projeto social chamado “Escolinha do Parque Cuiabá”, Antônio Carlos Alves de Almeida, que é formado em Educação Física e em Assistência Social, o Festival da Criança serviu de motivação para a garotada estudar e praticar esporte. Segundo ele, o projeto atende crianças dos bairros da região Sul da capital, como Parque Cuiabá, São Gonçalo Beira Rio e Jardim Mossoró.

“O projeto social atende crianças de famílias carentes e sobrevive da renda de eventos e das doações dos pais. Nós trouxemos vinte crianças para participar e acreditamos ter sido muito positivo. O projeto tem mais de 20 anos e já temos atletas que são filhos de antigos alunos. O festival deu uma bela historinha para as crianças contarem. De que jogaram num estádio de Copa do Mundo”, disse.

Conforme o treinador da escolinha de futebol do Atlético Paranaense, chamada de “Furacão de Várzea Grande”, localizada no bairro Jardim dos Estados, na cidade de Várzea Grande-MT, Evanildo dos Santos, o popular Vevé, o festival proporcionou a primeira partida oficial da garotada. E, segundo ele, foi a estreia da escolinha e, apesar da derrota, valeu muito a experiência.

“Foi a 1ª partida oficial da vida das crianças da nossa escolinha. Agora podem falar para todo mundo que jogaram futebol na Arena Pantanal. Perdemos, mas foi maravilhoso. Nos dias anteriores, eles não paravam de perguntar o horário e contra quem jogariam. Alguns pais até disseram que os filhos não conseguiam dormir de tão eufóricos. A Secretaria de Esporte está de parabéns!”, comenta.

Contexto

A Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer do Estado de Mato Grosso (Sael-MT), gestão Leonardo De Oliveira, promoveu a primeira edição do Festival da Criança em 2017, quando teve a participação de cerca de 600 crianças e quase dois mil pais e parentes. E, mesmo com a saída do atual secretário da pasta, o órgão prospecta ampliar de uma para duas vezes ao ano a realização do Festival.

“Me despeço com gratidão da secretaria de esporte. Oportunidade que tive de demonstrar um pouco de quem sou, de onde vim e para onde vou. E agora sigo na luta pelo meu sonho político. Foi meu último evento na secretaria, mas deixo, além da Escola Arena da Educação, uma Arena Pantanal democratizada e inúmeros outros projetos engatilhados para o novo gestor”, finaliza Leonardo.

 

Por: Redação


Lance de uma das partidas realizadas (Junior Martins)

Garotos comemoram o gol (Junior Martins)

Criança passa atras de colega que domina a bola para cruzar (Junior Martins)

Jogada que times disputam a bola (Junior Martins)