Foto:Thiago Parmalat/Fotojump


Na tarde desta quinta-feira (10), no ginásio do Sesc Porto, a Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e a Universidade Comunitária Regional de Chapecó (UNOCHAPECÓ-SC), se enfrentaram pelas eliminatórias do vôlei feminino dos Jogos Universitários Brasileiros. O time catarinense levou a melhor, ganhando a partida por 3 sets a 0.

As duas universidades já estão classificadas para as semifinais do campeonato, mas isso não impediu que as atletas entrassem em quadra prontas para dar o seu melhor. Foram dois sets acirrados e um mais fácil (25X23/25X20/25X12), no fim, a calma e a confiança fizeram a diferença para a equipe vencedora.

Bárbara Antunes, camisa 1 e capitã do time da UNOCHAPECÓ, é estudante de nutrição. Filha de técnicos de voleibol, ela começou a jogar aos 12 anos e aos 14 ela já competia. Hoje, Bárbara atua profissionalmente pela Série B da Superliga. Para a capitã, o começo da competição foi difícil, porém, o time vem progredindo.

“No primeiro jogo a gente teve um pouco de dificuldade, por ser o primeiro jogo, nervosismo e não conhecer o outro time, mas ontem e hoje nós conseguimos impor nosso ritmo de jogo e atuar muito bem.” avaliou a atleta.

Mais do que a felicidade da vitória, o resultado dessa partida é importante para o time a entrar bem na fase das semifinais. O time de Chapecó já tem uma história nos JUBs, e esse ano, a equipe veio focada em melhores resultados.

“A gente de uns quatro anos que somos vice do campeonato, e esse ano a gente vem trabalhando e treinando para ser campeão.”, concluiu Bárbara.

Cecília, estudante de fisioterapia e camisa 7 do time da UNIFOR, atuou pela Série B da Superliga em 2013 e 2014, e comentou sobre o rendimento de sua equipe na partida.

“Eu acredito que a gente poderia ter jogado com mais garra, não acho que o outro time seja superior. A gente realmente não jogou” lamentou.

Apesar do resultado de hoje, a atleta avalia que a UNIFOR jogou bem nas partidas anteriores e acredita no potencial do seu time para competir a próxima fase.

“Nós vamos pegar um time complicado, mas jogando de verdade eu acho que a gente consegue passar sim.” comentou Cecília.

As disputas das semifinais do vôlei feminino dos Jogos Universitários Brasileiros começam nessa sexta-feira (11). As competições dos esportes coletivos dos JUBs continuam até o dia 13 de novembro.

O calor e a recepção de Cuiabá

Um dos pontos mais comentados pelos atletas em relação ao JUBs Cuiabá, é calor que faz na cidade. Algumas equipes tiveram problemas com o clima durante os jogos, já que muitos jogadores não estão acostumados com as altas temperaturas cuiabanas e acabam passando mal em quadra.

Se por um lado o calor incomodaf, por outro, os atletas, tanto do vôlei quanto do futsal, tem se sentido bem recepcionados e satisfeitos com a organização.

“O clima a gente está sentindo bastante, principalmente por ser de Santa Catarina. Aqui é muito quente e a gente está sofrendo um pouquinho, mas em questão de organização e recepção, estamos achando ótimo. Muito melhor que no ano passado.” comentou Bárbara, da UNOCHAPECÓ.

Por: Gabriela De Lima