Cuiabá,

sexta-feira, 19

de 

abril

 de 

2024
.

Raposa e Timão lideram indicações para o Prêmio Craque Brasileirão

Elencos de Cruzeiro e Corinthians concorrem em sete prêmios em lista que tem três jogadores concorrendo por cada posição. Líder Flu tem quatro

Se na briga pelo título do Campeonato Brasileiro Cruzeiro e Corinthians são os que menos têm chances de levar o caneco, na disputa do Prêmio Craque Brasileirão a Raposa e o Timão saíram na frente do Fluminense. O time mineiro tem seis jogadores indicados mais o técnico Cuca para o evento que acontece no dia seis de dezembro, no Rio de Janeiro. Já o paulista tem cinco atletas na disputa, mas com o meia Bruno César concorrendo a três prêmios.
Líder da Série A no momento, o Flu teve “apenas” três jogadores indicados, além do técnico Muricy Ramalho. Ao todo, 13 clubes têm atletas concorrendo.

Os nomes foram divulgados nesta sexta-feira pelo técnico da Seleção Brasileira principal, Mano Menezes, e pelo treinador da Seleção Sub-20, Ney Franco, com uma novidade: desta vez não foram anunciados os três jogadores que concorrem ao prêmio de Craque do Brasileirão. A justificativa é que, divulgando os nomes, já se estaria antecipando os vencedores de suas respectivas posições.

Também já estão eleitos, através de votação popular desde o dia nove de novembro, os três finalistas do Craque da Galera. Bruno César, do Corinthians, Conca, do Fluminense, e Dedé, do Vasco, que também concorre a três prêmios, foram os mais votados. Em 2009, o meia argentino foi o vencedor e agora tenta o bi.

O evento no Rio, que ocorrerá no Theatro Municipal, terá como atrações musicais dos sambistas Diogo Nogueira e Arlindo Cruz. A festa ainda terá números com Marcelo Adnet. O atacante Ronaldo, o Corinthians – por conta do centenário -, a Seleção Brasileira de 1970 e a torcida do Bahia serão os homenageados neste ano.

Confira os três indicados por cada posição:

Melhor goleiro: Fábio (Cruzeiro), Jefferson (Botafogo) e Victor (Grêmio).
Melhor lateral-direito: Jonathan (Cruzeiro), Léo Moura (Flamengo) e Mariano (Fluminense).
Melhor zagueiro pela direita: Alex Silva (São Paulo), Chicão (Corinthians) e Dedé (Vasco)
Melhor zagueiro pela esquerda: Leandro Euzébio (Fluminense), Miranda (São Paulo) e Réver (Atlético-MG)
Melhor lateral-esquerdo: Kleber (Internacional), Diego Renan (Cruzeiro) e Roberto Carlos (Corinthians)
Melhor volante pela direita: Fabrício (Cruzeiro), Jucilei (Corinthians) e Willians (Flamengo)
Melhor volante pela esquerda: Arouca (Santos), Elias (Corinthians) e Marcos Assunção (Palmeiras)
Melhor meia pela direita: D’Alessandro (Internacional), Montillo (Cruzeiro) e Paulo Baier (Atlético-PR)
Melhor meia pela esquerda: Bruno César (Corinthians), Conca (Fluminense) e Douglas (Grêmio)
Atacante 1: Eder Luis (Vasco), Jonas (Grêmio) e Thiago Ribeiro (Cruzeiro)
Atacante 2: Kleber (Palmeiras), Loco Abreu (Botafogo) e Neymar (Santos)
Melhor técnico: Cuca (Cruzeiro), Muricy Ramalho (Fluminense) e Renato Gaúcho (Grêmio)
Reveleção: Bruno César (Corinthians), Dedé (Vasco) e Neto (Atlético-PR)
Melhor árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS), Paulo Cesar Oliveira (SP) e Sandro Meira Ricci (DF)

Veja como ficou a votação da segunda fase do Craque da Galera:

1º – Conca (Fluminense) – 265.938

2º – Dedé (Vasco) – 170.451

3º – Bruno César (Corinthians) – 163.858

4º – Léo Moura (Flamengo) – 158.693

5º – Kleber (Palmeiras) – 144.894

6º – Jonas (Grêmio) – 143.681

7º – Rogério Ceni (São Paulo) – 138.601

8º – Montillo (Cruzeiro) – 121.440

9º – Loco Abreu (Botafogo) – 108.315

10º – Neymar (Santos) – 105.226

11º – D’Alessandro (Internacional) – 90.447

12º – Obina (Atlético-MG) – 60.967

13º – Giovanni (Prudente) – 57.942

14º – Magno Alves (Ceará) – 29.594

15º – Paulo Baier (Atlético-PR) – 20.834

16º – Elkeson (Vitória) – 12.192

17º – Rafael Moura (Goiás) – 6.345

18º – Caio (Avaí) – 4.423

19º – Elias (Atlético-GO) – 3.586

20º – Mazola (Guarani) – 1.192

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here