Ao golear o Dom Bosco por 4 a 0 no último domingo (16), o Sinop garantiu vaga para sua segunda final seguida do Campeonato Mato-grossense. Alguns fatores contribuíram para a ótima campanha do Galo do Norte, que também conquistou a vaga na Copa do Brasil 2018.

Coletivo e individual

O Sinop terminou a primeira fase do Mato-grossense como líder do grupo A, com 18 pontos. Na semifinal, atropelou o Dom Bosco e emplacou 7x2 no placar agregado. Tem o melhor ataque da competição, com 23 gols marcados, e a segunda melhor defesa, tomou apenas oito em dez jogos. Esses números ressaltam a qualidade do Galo do Norte coletivamente.

Os destaques individuais ficam na linha de frente da equipe. Andrezinho e Cabralzinho, artilheiros do time no estadual com sete e cinco gols, respectivamente, são responsáveis por quase metade das bolas na rede do time sinopense.

Reforços e permanências

A diretoria do Sinop foi ao mercado com alguns objetivos claros. Um deles foi contratação de atletas com boa rodagem pelo futebol brasileiro – e até mundial. Os principais nomes contratados dentro desse quesito foram o do atacante Jorge Preá, campeão paulista pelo Palmeiras em 2008, e do meia Jean Chera, revelado pelo Santos e com passagens por Itália e Grécia. Preá acabou se destacando mais e, além dos gols, agregou à equipe sua experiência e tornou-se líder dentro do vestiário sinopense.

Além das contratações, algumas peças importantes foram mantidas no elenco como o goleiro Naldo, o volante Lucas Baggio e o meia-atacante Cabralzinho, vice-artilheiro do time no estadual.

Experiência no banco

Outra permanência fundamental para a campanha do Galo do Norte foi a do treinador Marcos Birigui. Com cerca de dez anos de experiência à frente de equipes mato-grossenses e dois títulos estaduais no currículo, Birigui assumiu o Sinop no ano passado e levou o clube a uma final estadual após 17 anos.

Força da torcida

Nas arquibancadas do Gigante do Norte, a torcida alviceleste tem dado show. É responsável por manter o time na ponta das melhores médias de público do campeonato pelo segundo ano consecutivo.

O Sinop aguarda o vencedor do duelo entre Luverdense x Cuiabá para saber quem enfrenta na final do Campeonato Mato-grossense. Caso o time de Lucas do Rio Verde, que tem a vantagem de 1 a 0, avance, os clubes reeditarão a decisão de 2016.

Foto: Ademir Júnior/Agência 98