A equipe do Cuiabá Esporte Clube não conseguiu se manter entre os primeiros colocados como estava até a quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e começa a preocupar o torcedor. Com uma campanha média, o Dourado terminou a sexta rodada no meio da tabela, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas consecutivas.

O último sábado(01) foi para esquecer. Invicto na Arena Pantanal desde setembro de 2018, o Cuiabá recebeu a Ponte Preta(SP) e teve o domínio do jogo apenas nos 20 minutos iniciais, quando conseguiu abrir o placar com o oportunismo do atacante Matheus Pato, após cobrança de escanteio do argentino Escudero.

Pouco depois, a Ponte já empatou o jogo em uma falha geral na defensiva cuiabana. O jovem lateral-esquerdo Abner achou um passe milimétrico entre quatro jogadores do Dourado, Rodolfo, Ednei, Toty e Jean Patrick, para a conclusão de muita qualidade do meia Rafael Longuine, que tirou do goleiro Victor Souza.

Já no início do segundo tempo, em uma jogada ensaiada que lembra o futsal, a Ponte Preta cobrou lateral, o meia Marquinhos tabelou com o atacante Roger (que devolveu de letra) e cruzou rasteiro, para o gol do volante Camilo, sozinho pelo meio da área.

O Cuiabá tentou a reação, mas naquela altura, o técnico Itamar Schülle já tinha substituído Júnior Todinho, que saiu machucado no primeiro tempo. O comandante então promoveu o atacante Hugo Cabral, ex-Ponte, para o lugar do maestro Escudero.

Sem o Dourado conseguir marcar gol na pressão, a Macaca deu o golpe final aos 32 minutos. Alex Maranhão entrou na partida e cobrou falta com perfeição, no ângulo do goleiro Victor Souza, garantindo os três pontos para o time de Campinas na Arena Pantanal.

Os problemas aumentaram no elenco do Cuiabá. Além do lateral-direito Jonas, que ainda não foi relacionado, em recuperação, do esquerdo Danilo, que está em transição, o meia Eduardo Ramos e o atacante Caio Dantas também não estiveram disponíveis, machucados. Fora isso, Jean Patrick, com o terceiro cartão amarelo e Alê, expulso, estão fora da próxima rodada.

O Cuiabá precisará colocar a “casa em ordem” para surpreender o terceiro colocado Londrina(PR) na sexta-feira(07) no estádio do Café e superar o Atlético(GO) quatro dias depois na Arena Pantanal, para voltar a figurar perto dos líderes e se manter afastado da parte debaixo durante a paralisação de 30 dias para a Copa América.