A tristeza é um sentimento inato de todo ser humano. Mediante situações de sofrimentos, conflitos, adversidades, perdas e reflexões próprias da vida, sentiremos tristeza. No entanto, este sentimento, por si só, não é uma doença.

Já na depressão,  principal sintoma  é a ausência de prazer na vida, onde a maioria de seu cotidiano passa a não fazer mais sentido. Isto ocorre por alterações neuroquímicas cerebrais que impedem o individuo de viver, pensar e sentir adequadamente.

A depressão é caracterizada por um período de duas ou mais semanas com ao menos cinco dos sintomas abaixo:

1)Humor deprimido;

2)Aumento ou diminuição do apetite com alteração de peso significativa;

3)Insônia ou excesso de sono;

4)Sensação de agitação ou retardo motor;

5)Fadiga ou perda de energia;

6)Sentimentos de inutilidade, culpa excessiva e/ou inapropriada;

7)Diminuição da capacidade de concentração ou de tomar decisões;

8)Pensamento recorrente de morte.

Para melhor avaliação e conduta, um médico especialista em Saúde Mental, no caso um médico psiquiatra, deve ser consultado.