Dom Bosco, Mixto e Poconé formarão equipes com atletas regionais; Outros clubes também se interessam por reforços locais para o certame Estadual

O fim de ano se aproxima e os clubes mato-grossenses credenciados para Primeira Divisão do Estadual se movimentam nos bastidores do mercado na busca por reforços para a temporada 2020. Muitos deles buscam jogadores caseiros para a o certame.

Luverdense, que caiu da Série C do Brasileiro em 2019, contratou um experiente jogador cuiabano para a próxima temporada. Em meio a troca da presidência, com a probabilidade do produtor rural Guilherme Lawisch, filho do atual presidente Helmute Lawisch, ser o substituto no cargo, um atleta conhecido do estado, está de malas prontas para Lucas do Rio Verde.

O volante Jean, campeão diversas vezes pelo Cuiabá, além de ter sido coringa no acesso conquistado para Série B no ano passado, reforça o Verdão do Norte. Ele foi vice-campeão da Segunda Divisão pelo Poconé e também atuou pelo Maringá-PR em 2019. A informação foi apurada pelo Olhar Esportivo, mas ainda não foi confirmada pela diretoria, até mesmo pelo momento de mudança que o clube vive. Uma base dos atletas campeões da Copa FMF seguirão no elenco. A pré-temporada terá início no dia 8 de dezembro.

MixtoDom Bosco e Poconé declararam que vão montar elencos com atletas regionais, dirigidos por Gianni Freitas, Odil Soares e Hugo Alcântara, respectivamente. Além disso, Operário Várzea-grandense e Nova Mutum também entram nesta briga.

A diretoria mixtense ainda não divulgou nomes de jogadores, busca manter uma base da Copa FMF e outras contratações pontuais. Recentemente, o presidente Walter Hudson manifestou interesse em atletas por empréstimo do Cuiabá. O Poconé também não confirmou nomes, mas o técnico Hugo Alcântara disse que está negociando com jogadores de sua confiança, que já trabalharam com ele em outras ocasiões. Segundo ele, aproximadamente 10 jogadores estão no caminho do PEC.

“Por enquanto fica difícil falar nomes, porque outros times, querem os mesmos que nós. Vamos morar em Poconé, alguns preferem ficar aqui, mas estamos trabalhando internamente”, disse o técnico Hugo Alcântara, do Poconé.

No Dom Bosco, a juventude prevalece, com o Gerente de Futebol, Valdemir Silva, informando alguns, como os garotos Ruan, Jangada, Zé Igor, Eduardo Romarinho, e o meia Peixinho, que está apalavrado. Além deles, o experiente zagueiro Odail Júnior.

VEJA OUTROS NOMES CONFIRMADOS PELO DOM BOSCO

Já o Operário Várzea-grandense, iniciou sua preparação em Muzambinho-MG com a maioria dos atletas vindo de outros estados, porém, garantiu até o momento dois mato-grossenses, o goleiro João Pantaneiro, e o lateral-direito Pedro Ramiro.

Outro clube que corre por fora é o Nova Mutum, campeão da Segunda Divisão do Campeonato Mato-grossense de 2019. Uma base foi mantida, outros atletas virão de fora do estado. Alguns jogadores locais entraram no radar do clube, porém, nenhum foi confirmado até o momento. O mistério segue em todos os cantos do estado.

O Sinop, com o técnico Marcos Birigui, optaram por jogadores que atuaram com ele no interior de São Paulo, entre outros estados. O União trouxe o técnico Júlio César Nunes e o Diretor Executivo Rodrigo Lima, ambos de Santa Catarina, com isso, atletas daquela região dever surgir no Colorado, além da mescla com a base. Já o Araguaia, anunciou dois jogadores de fora na última semana.

O Campeonato Mato-grossense começa no dia 21 de janeiro, com quatro jogos. O atual campeão Cuiabá, encara o atual campeão da Segundona, Nova Mutum, no dia 22.

CONFIRA OS JOGOS DA PRIMEIRA RODADA

Sinop x Araguaia – Terça-feira (21), às 20h10 / Estádio Gigante do Norte

União x Mixto – Terça-feira (21), às 20h10 / Estádio Luthero Lopes

Luverdense x Dom Bosco – Terça-feira (21), às 20h10 / Estádio Passo das Emas

Operário x Poconé – Terça-feira (21), às 20h10 / Estádio Dito Souza

Cuiabá x Nova Mutum – Quarta-feira (22), às 20h30 / Arena Pantanal