A segunda rodada do Campeonato Mato-grossense teve uma elevada média de gols, foram 2,8 por jogo (14 no total). O confronto mais marcante do meio de semana foi o ‘chocolate’ do Verdão do Norte pra cima do tricolor de Várzea Grande.

O Massacre

No estádio Egídio Preima, em Sorriso, aconteceu a primeira goleada da competição. O Luverdense virou pra cima do Operário, marcando 5 a 1. O meia Gustavo Marmentini e o atacante Alfredo não tiveram piedade do Chicote da Fronteira.

Gustavo jogou apenas 45 minutos, suficientes para fazer um gol e dar uma assistência, enquanto Alfredo foi às redes em duas oportunidades.

Alívio 1

O Clube Esportivo Dom Bosco teve uma grande atuação por 80 minutos de jogo diante do Operário F.C, o Leão da Colina passou apuros após a expulsão do zagueiro Fernando Salvam, mas segurou a vitória por 2 a 1 diante de menos de 400 torcedores na Arena Pantanal.

Alívio 2

Em Jaciara, a vitória do Mixto Esporte Clube sobre o Poconé foi a primeira do Alvinegro em jogos oficiais após a perda de sua ilustre torcedora, a Nhá Barbina (foto), falecida em 26 de setembro do ano passado.

Dentro de campo, o atacante Pedro Augusto deu a volta por cima e foi um dos protagonistas da vitória, marcando o gol da virada por 2 a 1, com uma bela finalização no contrapé do goleiro.

Surpresa

O Cacerense é a sensação do estadual até agora, o clube marcou cinco vezes em duas partidas e tem o melhor ataque ao lado do Luverdense. Com um time jovem mesclado com atletas experientes como Lolo e Júlio Brasília, a Fera do Pantanal bateu facilmente o Sinop por 2 a 0.

Intransponível

O Cuiabá Esporte Clube visitou o União no Luthero Lopes. O time de Rondonópolis fazia sua estreia na competição e ameaçou a meta do Dourado pouquíssimas vezes. O Dourado, por sua vez, começa o campeonato mostrando uma defesa sólida, com as linhas de defesa e meio campo compactas.

O público foi decepcionante no Luthero, apenas 560 torcedores.

 

Destaque da rodada: Gustavo Marmentini (meia do Luverdense)

Artilharia Mato-grossense 2016

2 gols: Lolo (Cacerense) e Alfredo (Luverdense)