O mundo fitness criou uma relação de estilo de vida super-saudável, que não sabemos mais o que é estar em forma. Isso porque a geracao fit exibe seus corpos sarados e barrigas tanquinho como troféus. Mas, será que é isso que é ser saudável?

E quantas dessas pessoas que exibem seus corpos musculosos e lindos nas redes sociais são felizes com esse estilo de vida?

Atletas e fisiculturistas, que têm como ferramenta de trabalho seus corpos, sabem que dietas restritivas são, de fato, frustrantes e cansativas.

Vigorexia, consumo excessivo de anabolizantes e anorexia são diagnósticos cada vez mais comuns entre jovens em busca do corpo perfeito, distorcendo o que, de fato, é ser fit ou saudável.

Mas é possível ser saudável sem ser fit, já que para ser fitness é preciso ter disposição para malhar muito, tomar suplemento alimentar e não comer nada fora da dieta, e isso não é para todos.

A chave para ser saudável é o equilíbrio, afinal não dá para ser feliz somente com exercícios físicos e batata doce.

Devemos reavaliar nossa relação com os alimentos e as atividades físicas, para que possam ser fonte de energia e produzirem sensação de bem estar.

Alimentar-se de forma saudável é sim comer babata doce, frango e salada. Mas também é apreciar doces, fritura e bebida alcoólica com moderação. Lembre-se: ser saudável, antes de qualquer coisa, é fazer as pazes com os alimentos e ser feliz fazendo qualquer atividade física.

Maria Augusta Ribeiro escreve para o Blog Belicosa.com.br é Coordenadora de Comunicação da BPW América Latina