Equipe conta com atletas em todos os setores do campo, entre experientes e jovens talentos

A reportagem do site Olhar Esportivo encontrou 16 jogadores de futebol mato-grossenses que estão profissionalmente em clubes da Série A do Campeonato Brasileiro. Dá para montar um time titular, ainda com algumas opções para o elenco.

Atualmente, entre as 20 equipes do Brasileirão, 12 delas possuem jogadores nascidos no estado de Mato Grosso. O São Paulo é o time com mais representantes, são quatro mato-grossenses. O Internacional vem em segundo, com dois atletas de MT. E não é que escalamos uma formação tática.

No gol, temos o experiente goleiro cuiabano Diogo Silva, 33 anos, com passagens por Vasco e Luverdense. Ele defende o Ceará desde 2018 e foi titular na Série A em 2019. Na sombra, vem o goleiro barra-garcense Daniel Brito, 26 anos, que está no Internacional desde 2011. Ele atuou em oito partidas pelo elenco principal.

Na lateral direita, ganha a oportunidade o jovem Lucas Calegari, cuiabano de 18 anos, recém-promovido ao profissional do Fluminense. Uma opção mais experiente, é o lateral-direito sinopense Igor Vinícius, de 23 anos, do São Paulo. Na zaga, o xerife é o experiente Jackson, cuiabano de 30 anos, do Fortaleza, com passagens por Palmeiras e Bahia. Para fazer dupla com ele, tem o zagueiro Walce, também cuiabano, de 21 anos, do São Paulo, e o zagueiro Danilo Boza, de Rondonópolis, que está emprestado pelo Mirassol ao Athletico Paranaense.

Para completar a defensiva, na lateral esquerda são duas opções: Natanael, 29 anos, cuiabano do Internacional, e Diogo Barbosa, 27 anos, do Palmeiras, nascido em Terra Nova do Norte.

No meio-campo, o cabeça de área é Ricardo Ryller, 26 anos, que renovou contrato por mais um ano com o Red Bull Bragantino. O tangaraense pertence ao Sporting de Braga (POR). Junto dele, o novo menino da Vila, Ivonei Junior, de 18 anos, de Rondonópolis. O meia está no Santos desde o sub-11, com multa rescisória milionária e nos planos do técnico português Jesualdo Ferreira.

Mais à frente, joga o meia-esquerda Everton, de Nortelândia. Aos 31 anos, ele é mais um atleta experiente, com passagens por Botafogo-RJ, Athletico e Flamengo. Também jogou no México e na Coréia do Sul. Como outra opção, tem o meia-direita Matheus Vargas, nascido em Cláudia, de 24 anos, atualmente no Atlético-GO, com passagens por Ponte Preta e Fortaleza.

No ataque, de um lado podemos escolher o jovem Brenner, cuiabano de 20 anos, do São Paulo. Ele estava no Fluminense em 2019. Na outra ponta, o atacante de Poxoréu, Michael, 24 anos, do Flamengo, que se destacou no Goiás. Na referência, o centroavante cuiabano Igor Jesus, 19 anos, um dos principais jogadores do Coritiba desde o ano passado.

Confira a escalação dos jogadores mato-grossenses da Série A:

1 – Goleiros: Diogo Silva – Ceará / Daniel Brito – Internacional

2 – Laterais direitos: Lucas Calegari – Fluminense / Igor Vinícius - São Paulo

3 – Zagueiro: Jackson – Fortaleza

4 – Zagueiros: Walce – São Paulo / Danilo Boza – Athletico – PR

6 – Laterais esquerdos: Natanael - Internacional / Diogo Barbosa – Palmeiras

5 – Volante - Ryller - Bragantino

8 – Meio-campo: Ivonei – Santos

10 – Meias-ofensivos: Everton – São Paulo / Matheus Vargas – Atlético-GO

7 – Atacante – Brenner – São Paulo

9 – Centroavante – Igor Jesus – Coritiba

11 – Atacante – Michael – Flamengo

Leia mais: FMF terá que alterar regulamento para terminar o Estadual 2020