Após o encerramento do 1º turno da 2ª fase do Campeonato Mato-grossense, um grupo apresenta-se extremamente equilibrado, enquanto o outro parece bem mais encaminhado. O destaque do Sinop F.C na competição, apontado na semana passada, segue inabalado, agora são nove jogos de invencibilidade.

Grupo C

Essa é a chave do equilíbrio. Apenas três pontos separam o líder Luverdense (5), para o lanterna Araguaia (2). O Verdão do Norte ainda é o favorito, pois fará duas partidas no Passo das Emas neste returno, contra Cacerense e Araguaia.

Araguaia e Dom Bosco fazem um jogo ‘de vida ou morte’ no próximo domingo (10). Quem vencer no Zeca Costa complica muito a vida do adversário, o empate é melhor para o Leão da Colina, mas ainda deixaria a chave aberta.

Portanto, o provável cenário para este grupo é o time de Lucas do Rio Verde chegar na última rodada classificado, enquanto que os outros três disputariam a segunda vaga até o último minuto.

Grupo D

A situação nesta chave é oposta a do grupo anterior. Disparado em primeiro, o Sinop F.C precisa de apenas mais um ponto em três partidas para se classificar. Em contrapartida, o União, mesmo que não desista da competição, precisa vencer todas as partidas que restam para ir à semifinal.

Portanto, a decisão aqui muito provavelmente ficará entre Cuiabá e Operário, com o Dourado com muito favoritismo sobre o rival de Várzea Grande. Ao time do mandatário Geovanni Banegas resta apostar todas as fichas no clássico, adversário o qual o tricolor tem retrospecto bastante negativo.

Embora seja sempre perigoso falar em lógica no futebol, a tendência é que Sinop e Cuiabá cheguem à última rodada com a vaga assegurada.