Cuiabá,

segunda-feira, 15

de 

abril

 de 

2024
.

Torcedores vão a estádio em Assunção para apoiar Cabañas!!!

Torcedores vão ao Defensores del Chaco para prestar homenagem a Cabañas


Milhares de torcedores paraguaios foram ao Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, para expressar apoio ao atacante paraguaio Salvador Cabañas, que segue internado em estado grave num hospital do México após levar um tiro na cabeça.


O encontro, que contou com a presença do ministro de Esportes, Paulo Reichardt, aconteceu poucas horas depois da convocação realizada por um grupo de jovens através de emissoras de rádio da capital paraguaia.


Os organizadores da vigília pediram ao presidente da federação paraguaia de futebol, Juan Ángel Napout, o acesso livre e gratuito das pessoas ao estádio para rezar e expressar seu carinho pelo atacante, destaque do América do México.


“Força Salvador Cabañas, o Paraguai está contigo”, dizia um dos cartazes mostrados nas arquibancadas do Defensores del Chaco, maior estádio e casa da seleção do Paraguai.


O presidente da federação paraguaia de futebol disse que as pessoas participaram do ato movidas pelo desejo de recuperação de um “de seus ídolos”.


Antes de chegar ao estádio, dirigentes da federação e o argentino Gerardo Martino, técnico da seleção, participaram de uma missa realizada em nome de Cabañas na Igreja San Cristóbal, na capital paraguaia.


Dezenas de vizinhos dos parentes do jogador, na cidade de Itauguá, 35 quilômetros ao leste de Assunção, se reuniram para rezar pela recuperação do atacante.


Cabañas, de 29 anos e considerado uma das promessas do Paraguai para o Mundial de 2010, levou um tiro na cabeça na madrugada de segunda-feira, em um bar da capital mexicana.


Os médicos que atendem o jogador em um hospital da Cidade do México disseram que seu quadro clínico é “muito favorável” dentro de sua gravidade, 24 horas após ter levado um tiro na cabeça.


O estado de saúde do jogador teve “mudanças muito favoráveis, e o principal é que não piorou”, disse o cirurgião Ernesto Martínez, que operou o paraguaio para tentar retirar o projétil alojado na parte de trás de sua cabeça.


A Procuradoria da Cidade do México anunciou nesta terça-feira que José Jorge Balderas Garza foi quem atirou no atacante paraguaio.


O Procurador de Justiça do Distrito Federal mexicano, Miguel Ángel Mancera, confirmou que as autoridades locais e federais buscam Garza e outro homem chamado Francisco, um de seus guarda-costas.


Segundo a investigação, o suposto autor do disparo que acertou a cabeça de Cabañas é cliente assíduo do bar e aparentemente teve uma discussão com o jogador paraguaio. As autoridades não acharam ligações dele, que é empresário, com o crime organizado.


A Procuradoria já interrogou uma mulher de origem cubana de nome Diana, que estava na mesma mesa dos dois suspeitos. Outras 16 pessoas deverão testemunhar sobre o incidente no bar, que permanece fechado.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here