Cuiabá,

quinta-feira, 22

de 

fevereiro

 de 

2024
.

Alonso levanta a torcida e deixa Valência com o melhor tempo dos testes coletivos

Piloto da Ferrari encerra avaliações com marca superior à conquistada nos outros dois dias de sessões. Com problemas no carro, Schumi é o terceiro

Em três dias de testes coletivos em Valência, domínio total da Ferrari. Após Felipe Massa ser o melhor das sessões de segunda e terça, Fernando Alonso superou o tempo do brasileiro na manhã desta quarta e melhorou mais 129 centésimos de tarde. Enquanto Felipe deixou a pista espanhola com 1m11s722, o espanhol cravou 1m11s470, depois de dar 127 voltas no circuito.

– A primeira impressão foi positiva, apesar de ainda ser muito cedo para tirar qualquer conclusão independente de sua competitividade em nível absoluto. O que importa é que Fernando pode dirigir sem interrupções para ganhar confiança com o carro e se aproximar da equipe e seus métodos de trabalho, que são, não esqueçam, completamente novos para ele – disse uma fonte da Ferrari à revista inglesa “Autosport”.

De volta à s pistas após um dia de folga, Michael Schumacher terminou o dia com o terceiro melhor tempo, 1m12s438, atrás de Pedro de la Rosa, da Sauber (1m12s094) e de Alonso. Com problemas de vazamento no carro, o heptacampeão mundial deixou os testes mais cedo, depois de 82 voltas na sessão da tarde.

– É muito difícil julgar. Com os tanques cheios ontem, nós não fomos tão mal, mas ficamos um pouco fora de ritmo e tivemos problemas com a manutenção e o balanço do carro, os quais podemos consertar em Jerez. Sabemos qual é o problema. Claro que as outras equipes terão evoluções também, então estamos conscientes que não seremos tão rápidos quanto a Ferrari ou Lewis (Hamilton). Parece que teremos um pouco de trabalho a fazer – afirmou Ross Brawn, chefe de equipe da Mercedes.

Schumacher concordou com o dirigente, mas também não ficou surpreso por não ver seu nome no topo da lista de melhores tempos.

– Eu não esperava vencer desde o início. Não era algo que eu via acontecendo. Mas temos que ser mais fortes no desenvolvimento do carro – disse o alemão.

O atual campeão da Fórmula 1, Jenson Button, estreou na McLaren com o quinto melhor tempo do dia. Com 1m12s951, o inglês ficou atrás de Jaime Alguersuari, da STR (1m12s576). Já Vitaly Petrov (Renault) conseguiu melhorar a marca da manhã e entrou na casa de 1m13s, deixando a lanterna para Nico Hulkenberg.

Com o encerramento dos testes em Valência, as equipes voltam a avaliar seus carros na próxima quarta-feira, em Jerez de la Frontera, também na Espanha.


Classificação do terceiro dia de
testes em Valência

1° Fernando Alonso (Ferrari) 1m11s470 127 voltas
2° Pedro de la Rosa (Sauber) 1m12s094 80 voltas
3° Michael Schumacher (Mercedes) 1m12s438 82 voltas
4° Jaime Alguersuari (STR) 1m12s576 97 voltas
5° Jenson Button (McLaren) 1m12s951 82 voltas
6° Vitaly Petrov (Renault) 1m13s097 75 voltas
7° Nico Hulkenberg (Williams) 1m13s669 126 voltas

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here