Cuiabá,

quinta-feira, 26

de 

maio

 de 

2022
.

Após segunda derrota na Série D, Operário-VG dispensa técnico e mais dois jogadores

Chicote da Fronteira aparece na sexta posição do Grupo A5, com quatro pontos em quatro jogos

O técnico Bruno Saymon não comanda mais o Operário-VG. O treinador foi dispensado depois da derrota por 2 a 0 em casa para o Brasiliense. Assim como o comandante, o centroavante Luan Viana e o meia João Vitor foram liberados do Tricolor.

Bruno Saymon se despediu do clube na noite desta segunda-feira (9), via redes sociais. Ele estreou à beira do campo diante do Cuiabá, pela quinta rodada do Estadual, com a missão de livrar o Chicote do rebaixamento. No total, foram dez jogos no comando do CEOV, com cinco derrotas, três vitórias e dois empates – 36% de aproveitamento.

O centroavante Luan Viana foi liberado após sete partidas com a camisa tricolor e um gol marcado. Já João Vitor Amorim deixa o Operário com um jogo disputado, justamente contra o Brasiliense, último compromisso pela Série D.

Em sexto lugar no Grupo A5, com quatro pontos, o Chicote da Fronteira encara o Ação na próxima rodada, em busca de voltar a vencer no campeonato. A bola rola neste domingo (15), no Dito Souza. O Tuiuiú Pantaneiro é o único time da chave que ainda não pontuou.

O Operário-VG já deve contar com novo treinador para a partida.

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui