Cuiabá,

quarta-feira, 1

de 

dezembro

 de 

2021
.

Após sufoco no primeiro tempo, São Paulo sofre sua primeira derrota

O  São Paulo precisava de um empate para garantir o primeiro lugar do Grupo 4 da Libertadores . Mas acabou derrotado pelo Independiente por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em Medellín. Com um time quase todo formado por reservas, o Tricolor foi dominado no primeiro tempo, mas apresentou melhor futebol no segundo. Ainda assim, foi o primeiro revés do time de Muricy Ramalho no torneio.
Com o resultado, o time paulista manteve a liderança, com dez pontos, e o Independiente chegou a sete, permanecendo no segundo lugar. Agora, o São Paulo ainda busca um ponto na última partida, contra o América de Cáli, no Morumbi, na próxima quarta-feira para garantir a liderança.


O São Paulo quase não respirou na maior parte do primeiro tempo. O dono da casa impôs um ritmo forte e agressivo, partindo para cima. Aos 15, Restrepo mandou uma bola pelo alto para Castillo, que recebeu sozinho na área e fez o primeiro dos colombianos. A zaga tentou fazer linha de impedimento, mas Renato Silva dava condição ao autor do gol.


O time paulista tentou se organizar em campo, mas não conseguia dar sequência aos lances, principalmente por causa da forte marcação do adversário. E não deu muito tempo de se recuperar. Aos 25, Arias passou para Castillo finalizar de dentro da área. A bola ainda desviou em Rodrigo antes de entrar.


O Independiente seguiu após o segundo gol, mas com muitos erros nas finalizações. O São Paulo ainda tentava diminuir. E, se não conseguia chegar à área adversária, usou outra tática para fazer o gol. Aos 39, em um rápido contra-ataque, Dagoberto tocou para André Lima, que bateu de primeira, quase na entrada da área. O goleiro Bobadilla não conseguiu pegar o chute preciso do atacante tricolor: 2 a 1.


Melhora técnica do Tricolor não evita derrota


Muricy Ramalho fez uma mudança na lateral: colocou Wellington no lugar de Wagner Diniz. Mais organizado, o São Paulo voltou melhor para o segundo tempo e passou a criar mais. O Independiente ainda tinha mais a posse de bola, mas já não dominava o time paulista.


André Lima chegou a balançar a rede aos 20 minutos, mas o árbitro marcou impedimento do atacante, que era o que mais arriscava pelo Tricolor. Bosco não precisou fazer qualquer defesa, pois o Independiente parou de atacar. O resultado era importante para o time da casa, que a partir da metade da etapa final, passou a segurar o placar.


Muricy deu a última cartada pelo gol de empate ao colocar em campo o meia Oscar. O jovem, de 18 anos, ficou com a vaga de Eduardo Costa, tornando a equipe ainda mais ofensiva. O garoto fez uma boa jogada aos 46, tocando para Dagoberto, que não concluiu bem. E o Tricolor amargou a derrota fora de casa, a primeira na Libertadores.


 

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui