Cuiabá,

terça-feira, 5

de 

março

 de 

2024
.

Arsenal recebe Crocodiles dia 24 no estádio Dutrinha pela final do Campeonato Brasileiro

Esta é a terceira vez que as equipes se enfrentam. Nas duas primeiras o Arsenal levou a melhor.

Falta pouco para a grande final do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano. A partida será no próximo dia 24 no estádio Dutrinha em Cuiabá. O adversário é um antigo rival da equipe, o Coritiba Crocodiles, time de Curitiba no Paraná. Esta é a terceira vez que as duas equipes se enfrentam. A primeira foi em 2009, no Pantanal Bowl 3, quando o Crocodiles venceu por 20 a 18, no entanto, o Arsenal levou a melhor graças ao saldo de pontos. A segunda vez foi no Brasil Bowl 2010, final da Liga Brasileira de Futebol Americano, que aconteceu na cidade de Embú das Artes, em São Paulo e selou a vitória do Arsenal por 49 a 21.

Desta vez, o confronto promete ser ainda mais difícil já que as duas equipes estão mais preparadas do que nunca. O técnico do Arsenal, Clayton Lovett, conta que a equipe curitibana tem história no Brasil. Eles possuem jogadores de nível de seleção em cada posição e são treinados por um dos melhores técnicos do país, Dan Robertson. Possuem dois dos melhores running backs, Bruno Santucci e Lucas Nascimento, e talvez o melhor jogador defensivo da América do Sul, Delmer Zoschke.

Ele explica que em relação às características físicas a equipe é, sem dúvida, a mais rápida que o Arsenal já enfrentou e possuem excelentes jogadas aéreas. Para derrubar esse paredão verde e branco, o time cuiabano não pode errar. Lovett observa que, pela dificuldade da última partida, a equipe cometeu muitos erros, o que não deve se repetir contra o Crocodiles. “A maioria dos problemas nós mesmos criamos e não poderemos repeti-los na final”.

Preparação

No domingo, logo após o anúncio do adversário, os jogadores já começaram a assistir os vídeos para analisar todas as estratégias do confronto. Nos próximos dias a equipe fará treinos intensivos inclusive no feriado. “Teremos de ir muito além do que fizemos até agora”, pontua o treinador. O defensive end, Jadson Brito Santana, sabe que a defesa terá muito trabalho contra o Crocodiles. Mesmo assim, o jogador se diz animado. “É sempre muito bom jogar contra uma equipe difícil, isso faz com que a gente cresça. Estamos confiantes”.

Foto: Pedro Lima/OlharEsportivo

Por: Assessoria Cuiabá Arsenal

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here