Cuiabá,

quinta-feira, 26

de 

maio

 de 

2022
.

Atletas valorizam a realização dos Jogos Escolares: “Nota 10 e que novos eventos sejam realizados”

Vários estudantes/atletas destacaram a organização dos eventos e as oportunidades possibilitadas pelos Jogos

A realização dos Jogos Escolares Mato-grossenses para alunos/atletas de 12 a 14 anos masculino e feminino e Jogos Estudantis de Seleções para estudantes/atletas de 15 a 17 anos de ambos os sexos, está recebendo elogios e destaque entre os participantes. Os eventos são realizados pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, em parceria com as Prefeituras Municipais.

“Eu deixo de fazer tudo em casa para ver minha filha jogar futsal pela escola que ela estuda”, diz a mãe da jogadora de futsal de Ipiranga do Norte, Osmana Maciel Costa. Ipiranga venceu União do Sul por 3 a 1 na estreia de ambos pela categoria B, atletas de 12 a 14 anos feminino.

“Eu aprovo o Governo do Estado, a Prefeitura daqui de Sorriso e a nossa prefeitura de Ipiranga do Norte pela oportunidade de nossos filhos participarem de atividades esportivas. Nota 10 e que novos eventos sejam realizados”, comentou.

Já a aluna/atleta de União do Sul, Emanuelly Kamili Pedesco Silvano, 13 anos, participa pela segunda vez dos Jogos Escolares. Ela destaca a felicidade em participar e valoriza o nível das disputas.

“É preciso reconhecer que a equipe de Ipiranga foi melhor que a nossa, mas isso não quer dizer que somos ruins. Tivemos pouco dias de treinamentos e no próximo jogo tenho certeza que seremos um pouco melhor”, disse.

“Eu particularmente adoro participar dos jogos, pois é a oportunidade de estar desenvolvendo uma atividade física, conhecendo outra cidade e fazendo novas amizades. Adora participar”, finalizou.

O professor/técnico do vôlei masculino de Santa Carmem, Jeferson Lourenço, ex-árbitro de vôlei e há três anos comandando a garotada.

“Minha equipe é nova, estou trabalhando para despertar a coletividade nos alunos através da modalidade do vôlei e graças a Deus estou sentindo que estou no caminho certo. A garotada está começando a gostar do esporte e isso é muito positivo”, diz.

“O governo do Estado marcou um gol de placar ao retomar os Jogos Escolares em nosso estado. Esses dois anos que não houve devido a pandemia da Covid-19 prejudicaram e muito o desporto em nosso estado. Hoje a satisfação que vejo nos rostos de meus alunos é enriquecedor e que os eventos com a graça de Deus tenham continuidade em nosso estado”, frisou.

Sua equipe (Santa Carmem) estreou com derrota de 2 a 1 para o município de Vera.

O coordenador de esporte de inclusão da Secel-MT, Luiz Tamba, e os assessores Arnaldo Ramos Júnior e Laudinei (Brancão) Arruda Duarte promoveram uma aula prática de basquete sobre cadeiras de rodas, com objetivo de despertar nos municípios o trabalho para atletas com deficiência.

“Nosso objetivo é mostrar aos alunos/atletas que existe modalidades esportivas para pessoas com deficiência. Eles devem sentir o grau de dificuldade que é disputar um jogo de basquete sobre cadeira de rodas. É difícil, mas divertido”, argumentou Luiz Tamba.

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui