Cuiabá,

sábado, 25

de 

junho

 de 

2022
.

Com possíveis retornos, Márcio Nunes quer Luverdense mais efetivo no ataque em duelo decisivo contra o União

Verdão do Norte precisa reverter a derrota de virada no primeiro duelo da semifinal do Mato-grossense

Depois de ver a invencibilidade de sete jogos cair diante do União, pelo jogo de ida da semifinal do Mato-grossense, o Luverdense precisa da vitória neste sábado para seguir na briga pelo título. O Verdão do Norte pode ter o retorno de duas peças para o confronto que vale a vaga na decisão, além da expectativa de conseguir efeito suspensivo para ter atacante à disposição.

A derrota para o União veio de virada, com os dois gols sofridos na etapa final – o LEC tinha sido vazado três vezes em nove jogos até a semi. O desempenho no segundo tempo fez o técnico Márcio Nunes cobrar concentração ao time para o jogo de volta.

Nós conseguimos fazer 1 a 0 no primeiro tempo, mesmo não estando tão bem na partida. Não podemos voltar com o nível de concentração tão baixo como voltamos e em 40 segundos tomar o gol de empate. A minha conversa com o grupo em cima disso foi uma cobrança pelo nível de concentração baixo no início do segundo tempo em uma partida tão importante como foi”, explicou o treinador.

Para o duelo decisivo, o técnico pode ter a volta do lateral-esquerdo Zé Carlos e do meia Giovanni. A dupla está em fase final de recuperação de lesões.

O defensor disputou seis partidas no Estadual, cinco como titular, mas não atua desde a sexta rodada da primeira fase. Já o meio-campista não entra em campo desde o último desafio da etapa classificatória e participou com dois gols em oito partidas.

Outra questão para Márcio Nunes é sobre a escalação do atacante Gustavo. Ele foi expulso diante do Nova Mutum, pela segunda rodada, por ofensas ao árbitro. O julgamento demorou para acontecer e o jogador esteve fora de combate contra o União. A diretoria do LEC tenta efeito suspensivo para que o atleta possa jogar.

“Estamos vendo se conseguimos reverter. Ele já cumpriu metade da punição. A expectativa é que ele esteja à disposição também para o jogo decisivo”, afirmou o treinador.

Em jogos no Passo das Emas, o Luverdense tem um retrospecto com três vitórias e um empate. O comandante espera aproveitar a força do mando de campo e o apoio da torcida para buscar a classificação.

“Vai ser novamente um jogo decidido no detalhe, como foi o primeiro confronto. Nós tivemos duas desatenções e acabamos sofrendo a virada. Somos muito fortes em casa, continuamos com a melhor defesa do campeonato, mas precisamos ser mais efetivos no setor ofensivo para que a gente possa buscar a vantagem necessária para sair com a classificação”.

O jogo de volta da semifinal será disputado neste sábado, a partir das 19h, no estádio Passo das Emas.

O Luverdense precisa vencer por dois gols de vantagem para se classificar no tempo normal. Em caso de triunfo por um tento de diferença, a decisão vai para os pênaltis. 

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui