Cuiabá,

terça-feira, 7

de 

dezembro

 de 

2021
.

Cuiabá e Operário repetem final de 2019 e duelam na decisão do Estadual pela 3ª vez na história

Depois de 57 jogos que fizeram as redes balançarem 145 vezes ao longo do campeonato, o Mato-grossense definiu os finalistas desta temporada. Cuiabá e Operário repetem a grande decisão de 2019 e vão disputar a terceira final na história envolvendo as duas equipes, com vantagem pro Dourado neste retrospecto.

Assim como no campeonato de dois anos atrás, a dupla terminou a fase de pontos corridos com as duas melhores campanhas da competição, o que lhes deu a vantagem de irem para o mata-mata podendo decidir os duelos em casa. Em 2019, o Dourado bateu o Chicote nos confrontos das finais e levantou o nono título Mato-grossense, depois de passar pelo Dom Bosco nas quartas de final e eliminar o Luverdense na semi. Foi o segundo tricampeonato do Dourado.

Sem levantar a taça do Mato-grossense há quase 20 anos, o CEOV vai em busca de quebrar esse jejum. A equipe fez uma campanha superior a do ano retrasado e chega à final com números que dão ao duelo elementos de imprevisibilidade. O elenco do Operário está invicto jogando como mandante, marcou 21 gols e conta com dois jogadores entre os artilheiros da competição, Lucas Cardoso e Wellisson.

Em 2015 os times também se enfrentaram na final, e foi o Cuiabá quem levantou a taça, conquistando o primeiro tricampeonato do clube na ocasião. Depois de empatar em 1 a 1 no jogo de ida, o Chicote foi derrotado pelo placar de 1 a 0 e ficou com o vice-campeonato.

Agora o time comandando pelo técnico Leocir Dall’astra tem mais uma chance de vencer o Cuiabá em uma decisão de Estadual. O Dourado desta temporada é ainda mais forte do que o elenco dos últimos anos, com números inquestionáveis em 2021. Mas o Chicote da Fronteira já demonstrou durante a competição que pode jogar de igual para igual contra qualquer equipe do estado. Foram 6 vitórias, 5 empates e somente 2 derrotas, além do segundo melhor ataque e um setor defensivo sólido.

A final tem início neste fim de semana, com o Cuiabá tendo a vantagem de jogar a segunda partida como mandante.

Disputa pelo terceiro lugar

Além da corrida pelo título, o Mato-grossense ainda vai definir o terceiro colocado na classificação geral. Ação e Nova Mutum disputam a colocação, que pode valer uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro 2022. O confronto será decidido em jogo único, com mando de campo do Azulão da Massa, que tem a melhor campanha.

As datas e horários dos jogos serão divulgados pela Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) nesta segunda-feira (10).

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui