Cuiabá,

terça-feira, 28

de 

setembro

 de 

2021
.

“É o jogo da nossa vida”, diz Odil Soares sobre o duelo de ida contra o Boa Esporte pela Série D

Terceiro colocado do Grupo A5, o Colorado faz o primeiro jogo do confronto mata-mata em casa, com apoio da torcida na arquibancada do Luthero Lopes

Após se classificar em terceiro lugar no Grupo A5, o União tem pela frente o Uberlândia, pela segunda fase do Brasileirão Série D. O jogo de ida acontece neste sábado (11), a partir das 15h (horário de Cuiabá), no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis. A partida será transmitida pela plataforma Eleven Sports.

O Colorado chega embalado para o confronto. Dos últimos 12 pontos em disputa, a equipe comandada pelo técnico Odil Soares conquistou nove, ao vencer o Brasiliense, o Gama e o Porto Velho, todos fora de casa. O União aparece com a melhor campanha da chave como visitante, tendo 66,7% de aproveitamento longe de seus domínios.

Sabemos que é uma decisão de 180 minutos. A gente espera fazer uma partida com inteligência, sabendo que temos que propor o jogo, mas sem desfazer nossa linha defensiva. Sem a posse da bola, fazer uma marcação forte, e com a bola nos pés, tentar envolver o adversário. Dentro da nossa organização de ideias de jogo, esperamos fazer valer o mando de campo, principalmente porque teremos o nosso torcedor ao lado”, afirmou o técnico do Colorado, Odil Soares.

O treinador destacou a presença da torcida na arquibancada do estádio Luthero Lopes. O União conseguiu uma liminar do STJD para ter público em partidas com mando de campo do Colorado. Conforme lei municipal, será liberada 30% da capacidade máxima do palco esportivo.

Temos a expectativa positiva da equipe jogar com o torcedor presente. Afinal, já estamos há muito tempo atuando sem a nossa força, que é o torcedor. Esperamos que o torcedor que compareça possa transmitir uma energia positiva, nos incentivar, porque no jogo algumas coisas podem dar errado, e essa energia positiva vinda da arquibancada pode nos ajudar”, ressaltou.

Em casa, o União fez uma campanha com três vitórias, um empate e três derrotas. O Colorado fechou a primeira fase com o segundo melhor ataque da chave – 21 gols marcados – tendo Heltinho como principal artilheiro, balançando as redes sete vezes em 13 partidas.

Nos últimos jogos, não conseguimos fazer valer o mando de campo. Mas a equipe no primeiro turno foi excepcional e a gente espera ser essa equipe forte dentro de casa, principalmente neste confronto, que é diferente. É o jogo da nossa vida. Esperamos que o torcedor possa nos ajudar e esperamos competir e fazer um grande jogo”, disse o treinador.

O União tem todos os jogadores à disposição para o confronto, sem desfalques por lesão, suspensão ou demais motivos.

Não devo mudar a base da equipe que vem dando resultados. Conseguimos atingir um padrão de jogo interessante, com uma consistência defensiva e um ataque eficiente”, destacou Odil.

Boa Esporte

A equipe mineira somou 24 pontos em 14 jogos, em uma campanha com seis vitórias, seis empates e duas derrotas. O Boa Esporte teve a segunda defesa menos vazada do grupo, com 11 gols sofridos.

Como o Boa Esporte teve um retrospecto superior em sua chave – ficou em segundo lugar no A6 – terá o privilégio de jogar a partida de volta em seu estádio.

Jogo de ida (horário de Cuiabá)

Sábado (11) – 15h – União x Boa Esporte – estádio Luthero Lopes

Jogo de volta (horário de Cuiabá)

Sábado (18) – 16h – Boa Esporte x União – Varginha (MG)

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui