Cuiabá,

segunda-feira, 26

de 

fevereiro

 de 

2024
.

Equipe de arbitragem repudia comentário feito por Antero Paes de Barros: “Fala sensacionalista e descabida”

Jornalista e ex-senador afirmou que o presidente da FMF, Aron Dresch, interfere nas atuações da equipe de arbitragem, além de destacar a desunião entre os árbitros

Os árbitros da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) repudiam o comentário feito por Antero Paes de Barros e afirmam que a fala foi sensacionalista e descabida. Na última sexta-feira (26), o jornalista ressaltou que o presidente da FMF, Aron Dresch, interfere nas atuações da equipe de arbitragem.

O ex-senador também opinou que os árbitros deveriam fazer greve devido a não escala do profissional Rodrigo da Fonseca na 3ª rodada do Campeonato Mato-grossense, além de pontuar que a arbitragem não é unida.

Em nota de repúdio, a equipe de juízes enfatizou que jamais sofreram interferência no trabalho, assim como evidenciou o auxílio da atual gestão da Federação, a qual paga todas as taxas, transporte e diárias. A arbitragem ainda frisou a relação de cordialidade, respeito e admiração entre a comissão e os árbitros.

“Erros poderão acontecer pois somos humanos, mas garantimos imparcialidade, carinho e muita responsabilidade no nosso trabalho”, finalizou a equipe em comunicado.

VEJA NOTA:

 

Notícias Relacionadas

Comentários

  1. Pela nota o Antero tem razão, pois ao invés de defender a arbitragem preocuparam em defender e citar sempre a FMF que é o mesmo que Aaron dresch, outra coisa os caras estão trabalhando em 400 jogos ou mais de um por dia, como assim?
    No entanto se não há interferência é porque são ruins mesmo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here