Cuiabá,

terça-feira, 5

de 

março

 de 

2024
.

Grêmio e Inter não saem do 0 a 0 no Beira-Rio

Em clássico morno, o resultado foi pior para o Tricolor, que segue na zona de rebaixamento


Após o Gre-Nal deste domingo, tudo segue como antes na tabela. O empate em 0 a 0 manteve o Grêmio (12 pontos) na zona de rebaixamento, assim como o Internacional (20) no G4.

O resultado fez aumentar ainda mais a pressão sobre o técnico gremista Silas, já que, mesmo com a partida sendo no Beira-Rio, o Colorado entrou em campo com um time misto, por conta da disputa da semifinal da Libertadores contra o São Paulo no meio de semana.


PRIMEIRO TEMPO
A primeira chance do clássico foi do Grêmio. E o lance de perigo foi ocasionado justamente por um erro de um dos poucos titulares em campo: o zagueiro Índio atrasou mal a bola para o goleiro Renan, Jonas chutou cruzado e Bolívar salvou o gol que seria de Borges.

A partida era pegada, com muitas faltas e poucas chances de fato. O Inter quase não atacou: se limitou a um chute de Giuliano e a um gol bem anulado de Everton. Já o Grêmio, de novo com Borges, quase abriu o placar em duas oportunidades.

Na primeira, após cruzamento de Jonas, Borges chegou um pouco atrasado e perdeu boa chance; no fim do primeiro tempo, a chance mais clara: Rodrigo colocou Borges em ótima posição para marcar, mas o artilheiro tricolor desperdiçou a oportunidade com um chute para fora.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou, e, mais uma vez, o primeiro time a levar perigo foi o Grêmio. Maylson chutou cruzado para uma boa defesa de Renan. A partir daí, a partida equilibrou-se, assim como na etapa inicial. Victor teve de trabalhar em um bom chute de Giuliano.

Com muitas mudanças em ambas as equipes, o jogo ganhou em movimentação. E quem teve a melhor chance de marcar foi o Grêmio. Borges, sempre ele, dessa vez de cabeça, obrigou Renan a fazer linda defesa.

No fim, outras duas boas chances, mas nada de gols. Do lado gremista, reclamações de pênalti após uma bola que tocou na mão do zagueiro colorado. O árbitro, no entanto, nada marcou. Pelo Inter, um bom chute de Taison assustou Victor, mas não foi capaz de tirar o 0 a 0 do placar.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL 0 X 0 GRÊMIO


Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).
Data/hora: 1/8/2010, à s 16h (de Brasília).
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho (SP).
Auxiliares: Émerson Augusto de Carvalho (SP) e Marco Antonio Martins (SC).
Renda e público: R$ 582.595,00 / 33.087 pagantes / 36.240 presentes
Cartões amarelos: Juan, Bruno Silva (INT); Ozéia, Jonas, Hugo, Willian Magrão, Ferdinando (GRE).

INTERNACIONAL:
Renan, Bruno Silva (Daniel, 19’/2ºT), Índio (Fabiano Eller, intervalo), Bolívar e Juan; Sandro, Guiñazu, Giuliano, Andrezinho (Taison,23’/2ºT) e Rafael Sobis; Everton.
Técnico: Celso Roth.


GRÊMIO: Victor, Rodrigo, Ozéia (Willian Magrão, 23’/2ºT) e Rafael Marques; Maylson (Edilson, 20’/2ºT), Ferdinando, Adilson, Douglas e Hugo; Jonas e Borges (Souza, 38’/2ºT).
Técnico: Silas.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here