Cuiabá,

quinta-feira, 29

de 

fevereiro

 de 

2024
.

Jadson Oliveira destaca a falta do Operário atuar no Dito Souza

O Tricolor Várzea-grandense foi penalizado pelo TJD-MT com a perda de dois mandos de campo no Campeonato Mato-grossense

O técnico Jadson Oliveira admitiu que o Operário Várzea-grandense está sentindo falta de jogar no estádio Dito Souza, nesta edição do Campeonato Mato-grossense.

Em cinco jogos disputados no estadual, o Chicote da Fronteira atuou somente uma vez no estádio em que realiza os seus treinamentos diários, sem a presença de torcedores. O clube sofreu uma punição pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MT), com a perda de dois mandos de campo, depois de uma confusão da torcida nas arquibancadas do Dito Souza, no clássico diante do Mixto, na Copa FMF do ano passado.

Neste sábado (10), por exemplo, o Tricolor será novamente mandante na rodada, já com punição cumprida, mas devido a falta de estrutura do Dito Souza em comportar a transmissão da TV Centro América, o duelo contra o Dom Bosco será no Dutrinha.

“Nosso início de campeonato foi muito difícil, pois com os mandos de campos perdidos, jogamos em casa apenas uma vez. Apesar do mando ser nosso nesse jogo contra o Dom bosco, mais uma vez, não vamos poder jogar na nossa casa, mas temos que superar mais um obstáculo”, pontuou.

O Operário é o sexto colocado na tabela de classificação, com 5 pontos, ocupando a última vaga para o mata-mata do Mato-grossense.

Jadson também destacou a importância dos jogos restantes da 1ª fase para conseguir alcançar a classificação à próxima fase.

“A competição está em nível muito alto e cada jogo a partir de agora, pra nós, é uma final, por aquilo que estamos buscando, que é a classificação”, completou.

Operário e Dom Bosco se enfrentam neste sábado (10), às 15h30, pela 6ª rodada do Campeonato Mato-grossense no Dutrinha. A TV Centro América transmite a partida para todo o estado.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here