Cuiabá,

terça-feira, 5

de 

março

 de 

2024
.

Lino soma forças com Otas antes de encarar Gaspar

O cruzador (90,7 kg) Laudelino Barros, 35, e o meio-pesado (79,9 kg) Pedro Otas, 34, uniram forças mais uma vez tendo em vista que o primeiro desafiará o atual campeão latino peso cruzador da Organização Mundial de Boxe (OMB), Julio Cesar “Gaspar” dos Santos, 34, dia 29 de junho no Centro de Treinamento do Palmeiras, em São Paulo, no Brasil.

“Atleta experiente e que vem rendendo muito nos treinos e também me auxilia”, aponta Lino Barros (35-2-0, 30 KO’s) sobre seu sparring titular, o paulista Pedro Otas. A equipe alviverde ainda conta com o técnico Francisco Paco Garcia que já coordenou Lino no passado inclusive em sua passagem pela seleção brasileira. Ainda participam dos sparrings o brasileiro Rafael Lima, que concorre na World Series of Boxing (WSB), e o ex-membro da seleção nacional Marcelo “Brasília” da Cruz.

“Os treinos são ótimos, o companheirismo com Barros já vem de tempo e são sessões com um grande campeão de muita bagagem e com quem tenho amizade”, aponta Otas. Ano passado Lino Barros e o meio-pesado Jackson Jr. auxiliaram Otas nos sparrings antes dele lutar na África no final da temporada.

Para Otas os sparrings não só trazem evolução aos dois pugilistas, mas apontam que a suposta rivalidade entre ambos fica no passado e que era coisa de rivalidade alimentada nos bastidores do esporte, e não do lado pessoal. O atleta vê uma evolução individual de ambos que trará “benefícios ao boxe brasileiro”.

O baiano radicado paulista Gaspar (21-0-0, 19 KO’s) aparece como 14º do ranking mundial da OMB. O nocauteador era dono da coroa interina, tendo assumido a regular quando Lino não a defendeu em tempo hábil, será sua primeira defesa de cinturão e para isso se prepara no CT de Santana do Parnaíba com o técnico Edson “Xuxa” do Nascimento e mantido pelo empresário Eduardo Mello Peixoto.

Barros tem contrato com os empresários internacionais Gary Shaw e Lou DiBella, aparece como 5º do ranking mundial da Associação Mundial de Boxe (AMB) e 13º da OMB. Teve seu talento e pegada elogiados por Mike Tyson quando passou temporada no exterior e assim como Gaspar busca fazer deste embate a “luta do ano” do boxe nacional para alçar voos mais distantes no horizonte.

Por: cornerdoleao.blogspot

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here