Dentro de três meses a Seleção Brasileira de Futebol Americano embarca para o maior desafio da história do esporte no país. Os 45 jogadores escolhidos participarão, pela primeira vez, da Copa do Mundo da International Federation of American Football (IFAF), com início em 8 de julho, em Ohio, nos Estados Unidos. Fazer parte desta equipe pioneira é o sonho de qualquer atleta de FA. De Mato Grosso, quatro terão a chance de disputar a vaga entre os 65 pré-convocados. Eles participam do training camp entre os dias 18 e 20 de abril, no campus da Unicentro, em Irati, no Paraná.

O Linha ofensiva, Hátila Fogo, o wide receiver, Heron Azevedo, o defensive line, Donaldo Tukura e o line backer, Igor Mota, conhecem bem a emoção e o peso de defender as cores da Seleção Brasileira. Eles estavam entre os jogadores que enfrentaram a equipe do Panamá na luta pela vaga na Copa do Mundo. De acordo com Mota, apesar de ter participado de todos os jogos da seleção, até agora, apenas quando o nome aparece na lista é que a ansiedade diminui.

Fogo revelou que esperava por esse dia como quem passa no vestibular de um curso bastante disputado. “Não é fácil, mas eu treinei muito. É gratificante, a prova de que estou fazendo um bom trabalho na seleção e no Arsenal”. Tukura garantiu que não irá decepcionar os ‘Onças’. Ele está se recuperando de uma lesão, mas até o dia do treining deverá estar em plena forma.

A competição é disputada de quatro em quatro anos desde 1999. Até agora, apenas duas equipes experimentaram o título. O Japão que venceu nos anos de 1999 e 2013 e os Estados Unidos em 2007 e 2011. Este ano, além do Brasil, participam da disputa o Canadá, México, Coreia do Sul, Japão, França, Austrália e Estados Unidos.

Saiba Mais

O campeonato deste ano contará com algumas peculiaridades: durante 12 dias, haverão quatro dias de jogos com quatro partidas por dia. Nas primeiras rodadas, os times serão divididos em dois grupos, de quatro equipes cada um. Os quatro melhores times irão para o Grupo A e os outros quatro irão para o grupo B.

As equipes são classificadas de acordo com o desempenho que tiveram na edição anterior do Mundial. Por serem os atuais campeões, os Estados Unidos estão em primeiro lugar. O Brasil, estreante na competição, se encontra na oitava posição.

Os confrontos entre as equipes do mesmo grupo definirão quem avançará na competição. As três melhores equipes do grupo A avançam para as semifinais. A disputa no grupo B tem tudo para ser mais intensa, pois apenas o primeiro colocado deste grupo se juntará às equipes do grupo A. As equipes restantes (uma do grupo A e três do grupo B) disputarão as demais posições.

As quatro equipes que avançarem para a fase semifinal irão disputar os playoffs (fase de mata-mata). Em jogo único, os vencedores de cada partida avançam para a grande final e no dia 19 de julho saberemos quem será o novo Campeão Mundial de Futebol Americano.

Por: Cuiabá Arsenal / Caroline Pinnow