Nos dias 28 e 29, a cidade de Primavera do Leste, sedia a segunda etapa do Ranking Brasileiro de Cross Country Olímpico, em solo mato-grossense. Atletas das principais cidades de Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal, já confirmaram presença. Os atletas de mato Grosso competem pela liderança do Ranking Brasileiro de MTB nesta nova temporada.

 Teremos um ano com muitas competições. Todo final de semana, tem eventos oficiais da CBC, e cada ponto é muito importante para os atletas, cita Manoel Lima, dirigente da FMTC. O grande entrave para o esporte amador é ainda a não quitação do Programa Bolsa Atleta. O governo passado, não conseguiu quitar nem um ano, sequer do citado programa. Um descaso total com toda categoria do desporto amador mato-grossense. São valores ínfimos, se fizermos uma comparação com que foi gasto com a Copa do Mundo. Os nossos atletas estão em forma física, mental e psicológica para as centenas de provas ciclística, cita Lima.

 Também estão na expectativa da quitação do Programa Bolsa Atleta do Governo de Mato Grosso. O programa tem um atraso de 5 anos e o montante beira a casa dos 10 milhões de reais. Só para os atletas do esporte do pedal, este valor fica em 3 milhões e meio de reais. Essa quitação vai ajudar em muito os abnegados atletas. 

A CBC fez um levantamento de mídia. Nesta quitação de 10 milhões de reais, Mato Grosso terá uma projeção de mídia em nível nacional da ordem de 50 milhões de reais, segundo apuração de uma agencia de marketing da CBC, finaliza Lima. A etapa do Ranking Brasileiro, tem apoio da Prefeitura Municipal de Primavera do Leste, Governo do Estado de Mato Grosso, com realização da Federação Mato-grossense de Ciclismo com supervisão e homologação da Confederação Brasileira de Ciclismo.

Por: A Folha Notícias