Arthur Zanetti conquistou, nesta quinta-feira, mais um ouro nas argolas na Copa do Mundo de Ginástica. Na etapa de Doha, o brasileiro confirmou o favoritismo e garantiu, com uma nota de 15,725, o lugar mais alto do pódio. Em segundo, ficou Artur Tovmasyan, da Armênia (15,425), e em terceiro, o romeno Andrei Muntean (15,325).

- Eu queria cravar a saída, não não consegui. Mesmo assim, deu para conquistarmos o ouro - disse o campeão, que competiu em argolas diferentes das que ele treina no Brasil.

- As argolas não são iguais, mas isso não interferiu muito. Me acostumei fácil - assegurou Zanetti.

Este é seu segundo título num período de cinco dias. Na etapa alemã, em Cottbus, Zanetti ficou com o ouro, com uma nota de 15,625. Campeão olímpico em 2012, o objetivo deste ano para o brasileiro é conquistar o ouro no Pan-Americano de Toronto. Considerado hoje um dos maiores nomes de sua modalidade no mundo, ele nunca conseguiu a medalha nos jogos.

Mais cedo, Diego Hypólito se superou para conquistar a prata na modalidade solo. Com uma nota de 15,425, ele ficou atrás do americano Jacob Dalton, com 15,475. Na etapa anterior, Diego havia sofrido de dores no pé e cometeu diversos erros.

 

Por: O Globo