Faltam apenas 09 dias para a estreia do Cuiabá Arsenal no Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, marcado para o dia 01 de agosto. E, para reforçar o elenco, a equipe contará com nove atletas cedidos pelo Rondonópolis Hawks e Tangará Taurus, além de dois ex-jogadores de Cuiabá, que estão retornando para a equipe. O objetivo é valorizar os talentos de Mato Grosso que foram destaque no Campeonato Estadual, além de melhorar o nível técnico e tático do esporte no interior do Estado.

De Rondonópolis, estão escalados para o Brasileiro o quarterback, Matheus Barozzi, os jogadores de linha ofensiva, Luan Dourado e Ricardo Leon, o linha defensiva, Rafael Barros, o ponta defensivo, Rogério Santos, o recebedor e bloqueador, Otávio Amorim e o jogador da secundária, Lucas Vinicius. De Tangará virão os irmãos, que atuam juntos na linha defensiva, Eugênio Carlos Queiroz Junior e Durval Queiroz Neto DT e de Cuiabá, retornam para a equipe, os bicampeões brasileiros, Hugo Abrão, que é corredor com a bola e o linha defensiva, Denevaldo Junior.

Os novos jogadores já estiveram treinando junto nos últimos dois finds de semana, durante a fase ambientação. “Recebemos o convite do Arsenal com grande satisfação. Sabemos da importância e do valor desta equipe e acreditamos poder ajudar na busca pela vitória do Brasileiro”, contou Eugênio, do Tangará Taurus.

Ele conta que o maior objetivo dele e do irmão, é de conquistar uma vaga na Seleção Brasileira e o Arsenal certamente servirá de ponte para a realização deste sonho. “Esperamos ser a melhor experiência possível jogando em um time considerado o melhor do país”, pontua Queiroz Neto.

Para o presidente do Rondonópolis Hawks, Matheus Barozzi, que também está entre os reforços do Arsenal, o empréstimo dos sete jogadores é extremamente vantajoso para ambas às equipes. “O Arsenal está acrescentando qualidade ao elenco, pois são todos jogadores muito talentosos e esforçados, que só precisam de um pouco mais de técnica. Para o Hawks este intercâmbio será muito valioso, pois os jogadores vão conviver em meio a campeões brasileiros, com experiência internacional, ou seja, temos que saber aproveitar tudo isso da melhor maneira, pra que possamos levar todo esse conhecimento para a nossa equipe”.

O presidente do Arsenal, Paulo César Ribeiro, diz que ao receber esses reforços a equipe aumentará a intensidade dos treinos, o que melhorará o potencial de jogo. “Estes atletas são novos e tem muita vontade, ao lado dos veteranos equilibraremos o time. Tem tudo para ser uma grande experiência”, pontua.

Por: Caroline Pinnow