Foto: Lucas Figueiredo / CBF


O Brasil segue 100% na Copa América 2021! Na noite desta quinta-feira (17), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, a Seleção Brasileira goleou o Peru por 4 a 0, pela segunda rodada do torneio continental.

Com o resultado, a Canarinho continua na liderança do Grupo B, com seis pontos e 100% de aproveitamento. Os comandados do técnico Tite voltam a campo pelo torneio na quarta-feira (23), contra a Colômbia.

A Seleção Brasileira iniciou o primeiro tempo pressionando a equipe peruana. Aos dez minutos, Fred arriscou de longe e a bola foi por cima do gol. No minuto seguinte, o Brasil abriu o placar. Alex Sandro recebeu passe de Gabriel Jesus e bateu de direita para balançar as redes no estádio Nilton Santos.

A Canarinho quase marcou o segundo com Fabinho, aos 24 minutos. Neymar levantou na área e a zaga afastou. Na sobra, Fabinho arriscou da entrada da área e a bola passou perto da trave esquerda. No fim do primeiro tempo, Alex Sandro recebeu passe de Neymar e chutou para fora.

A Seleção Brasileira voltou para o segundo tempo com a mesma postura da primeira etapa, controlando as ações e buscando o gol. Aos sete minutos, Danilo bateu firme e assustou Gallese. Aos 22, Neymar ampliou o resultado para a Seleção. O atacante chutou da entrada da área e não deu chance de defesa para o goleiro Gallese. Foi o 68º gol do jogador pela Seleção Brasileira. Quatro minutos depois, quase saiu mais um gol do Brasil. Richarlison aproveitou passe de Neymar, entrou na área e chutou rasteiro. O goleiro do Peru defendeu.

No fim do jogo, a Canarinho transformou o bom resultado em goleada. Aos 43 minutos, a Seleção fez uma bela jogada com Neymar, Richarlison e Everton Ribeiro. Ribeiro chutou do meio da área e marcou o terceiro. Três minutos depois, nasceu o quarto gol do Brasil em mais uma jogada coletiva. Neymar recebeu passe de Fabinho e serviu Firmino. O volante chutou e o goleiro defendeu. Na sobra, Richarlison tentou duas vezes e deu números finais à partida: Brasil 4 x 0 Peru.

 

Por: Da Redação com CBF